domingo, 31 de março de 2013

Após falta de jantar para atletas, Joaquim ameaça deixar Estadual


Presidente revela situação caótica do América, diz que espera ajuda do torcedor para comprar comida e condena falta de apoio da FSF


GloboEsporte
Aracaju - SE
O país que está há um ano de sediar uma Copa do Mundo ainda pena com a total falta de estrutura de alguns clubes nos mais variados rincões. No caso do América de Propriá, a situação chegou ao extremo. Os jogadores foram à campo com fome, sem direito a jantar. Ao fim da partida, dois atletas passaram mal: o zagueiro Tiago Arapiraca e o atacante Murilo. Eles receberam atendimento prévio do corpo de bombeiros, que os levou comida. Em seguida, o Serviço de Atendimento Móvel do SAMU foi acionado e encaminhou os jogadores para um hospital.
Procurado pelo GLOBOESPORTE.COM, o presidente do clube, Joaquim Feitosa, justificou o incidente e revelou uma situação caótica no América. Segundo o cartola, além da falta de recursos, a crise se agravou pelo fato de o time ter que mandar seus jogos na cidade de Maruim, longe de casa, por causa da falta de refletores no estádio de Propriá, o que ocasiona prejuízos.
Joaquim Feitosa desabafa sobre crise (Foto: Thiago Barbosa)Joaquim Feitosa desabafa sobre crise (Foto: Thiago Barbosa)










A gente lamenta essa situação. Isso tudo é reflexo da falta de apoio da Federação Sergipana de Futebol, do Banese (patrocinador da competição) e da Prefeitura de Propriá, que não nos dá apoio nenhum. O atual prefeito do município nunca nos ajudou. O Banese prometeu apoio e até agora nada. A FSF nos obriga a jogar fora de casa, com isso nossas despesas só aumentam. O que aconteceu foi o seguinte. Para economizar no custo das viagens, estamos embarcando no mesmo ônibus o juniores e o profissional. Com isso, partimos para a viagem às 15h, mais cedo, chegando ao estádio às 17h. Se os jogadores fossem jantar antes do jogo, não iriam conseguir jogar. Nós combinamos que eles jantariam após o jogo, na volta para Maruim, porque não temos dinheiro para jantar em Aracaju, mas infelizmente aconteceu isso. De qualquer forma, alimentação eles têm. Ninguém passa fome, se passassem, os atletas estariam mortos. Mas reconhecemos que a alimentação não é a ideal para um atleta - desabafou Joaquim Feitosa.
Diante do problema, o mandatário do clube pediu ajuda ao torcedor e ameaçou inclusive abandonar o Campeonato Sergipano.
Se ninguém nos apoiar e eu sentir que estamos sozinhos vamos abandonar o Campeonato Sergipano. Vai ser W.O até o final."
Joaquim Feitosa
- Chegamos ao nosso limite. Estamos carregando esse clube nas costas desde o ano passado, sem o apoio de ninguém. Vou tirar o time de Maruim. Vamos voltar para Propriá e vamos ter que contar com a ajuda do torcedor. Ele que vai nos ajudar agora. Só podemos recorrer a ele. O torcedor do América vai ter que nos ajudar nessa questão da comida. Se ninguém nos apoiar e eu sentir que estamos sozinhos vamos abandonar o Campeonato Sergipano. Vai ser W.O até o final. Não vou ter medo de represálias. Não importa o que vai acontecer depois. Vamos abondonar sim.
Mesmo com todas as dificuldades, a campanha do América no Campeonato Sergipano não é ruim. Com 11 pontos, a equipe está na 6ª colocação, campanha superior a do atual campeão Itabaiana, por exemplo.
- Para mim isso é uma grande surpresa. Um milagre para falar a verdade. Era para estarmos sem nenhum ponto pelas nossas condições. Com uma folha de R$ 17 mil, ainda estamos na frente de times com folha de R$ 150. Mas se fizermos zero ponto daqui para o final não será nenhuma surpresa. Todos aqui estão no limite. A situação é essa. Levamos prejuízo jogo após jogo - concluiu Joaquim.

Gualberto: Nenhuma ação contra Deso passará


Ampliar Foto
Gualberto: Nenhuma ação contra Deso passará

O deputado estadual Francisco Gualberto (PT) fez uma defesa intransigente da atuação da Companhia de Saneamento de Sergipe – Deso, no município de Aracaju. Segundo ele, é inadmissível um político insinuar a possibilidade de privatizar a empresa por conta de problemas pontuais. “Nenhuma ação que tente enfraquecer a Deso passará sem a minha reação”, garante o deputado.

A reação de Gualberto foi por conta de críticas feitas pelo vereador Renilson Félix (DEM) que nas últimas semanas vem fazendo campanha contra a Deso por causa de problemas registrados no condomínio onde reside. O vereador aponta supostos erros na conta mensal de consumo de água e por esse motivo chegou a apresentar na Câmara de Aracaju um requerimento pedindo abertura de uma CPI na Deso. “Prefiro acreditar na inocência ou no entusiasmo do vereador em querer resolver o problema. Não quero acreditar na má intenção”, disse Gualberto.

Contando com o apoio de vários outros deputados, durante seu pronunciamento Francisco Gualberto elencou uma série de obras e prestações de serviços da Deso que demonstram a importância do órgão junto à sociedade sergipana. Somente no governo de Marcelo Déda, mais de 40 municípios já foram contemplados com serviços de esgotamento sanitário, algo que não existia em muitas localidades de Sergipe.

Além disso, os principais bairros da capital também estão sendo beneficiados com obras desse porte. No ano passado várias ruas e avenidas do conjunto Augusto Franco, o mais populoso de Aracaju, receberam esgotamento sanitário. Nos próximos meses a obra será executada pela Deso nas ruas do conjunto Bugio.

O deputado Gualberto também explicou que atualmente as concessões dos serviços relativos à distribuição de água ficam a cargo dos municípios. Cabe ao Estado, através da Deso, gerenciar as concessões e investir na melhoria dos serviços. “Portanto, se algum governo, por ventura quiser privatizar a Deso, terá que passar por todas as Câmaras de Vereadores”, esclareceu.

Em relação ao problema pontual do vereador no condomínio onde reside, Gualberto sugeriu uma ação mais eficiente do síndico para que possa buscar o órgão e equacionar a questão em prol de todos os demais moradores. “Tenho certeza que um bom síndico resolve facilmente o problema. Pensar em fazer CPI e tentar enfraquecer a Deso, visando uma possível privatização, é algo que não iremos admitir”, afirma o deputado Gualberto.

Por Gilson Sousa

Noite e madrugada sangrenta em Itabaiana com o assassinato de duas pessoas

por GILSON DE OLIVEIRA, Itnet


No final da noite de sábado, dia 30, foi assassinado a tiros na Travessa Xisto Alves Santos,
no bairro Mamede Paes Mendonça, o jovem Michael Santos Leite, conhecido como Maicon, 20 anos. Usuário de drogas, a vítima praticava pequenos roubos e furtos para alimentar o vício.

Natural de Itabaiana, o jovem era filho de "Branca da Roupa" e residia atualmente à Rua Abílio de Oliveira, próximo a Caixa D'água do conjunto Euclides Paes, no entanto, ele era visto com frequência na localidade onde aconteceu o crime.

Após ser alvejado com diversos tiros "Maicon" caiu na calçada da residência de número 98, inclusive ao chegar ao local a Polícia Técnica-Científica do Instituto de Criminalística constatação seis perfurações no corpo da vítima.

Segundo crime

Já por volta de 1 hora da madrugada deste domingo, dia 31, também foi morto a tiros o usuário de drogas Anselmo Francisco de Jesus, conhecido como "Buiú", 30 anos. Ele morava na Rua B, número 12, no conjunto Maria do Carmo Nascimento Alves, e o homicídio ocorreu em frente à residência de 18.

No local do crime policiais militares do 3.º BPM encontraram aproximadamente 10 cápsulas de pistola calibre 380.

Os corpos de "Maicon" e "Buiú" foram encaminhados para autopsia no Instituto Médico Legal Dr. Augusto Leite, em Aracaju, por volta das 4 horas.

Somente neste mês de março já são contabilizados cinco assassinatos num total de 09 mortes violentas em 2013

Colete refletivo vai começar a ser exigido em Sergipe


Exigência entra em vigor a partir desta segunda-feira (01). Multa é de R$ 191,54, sete pontos na CNH e suspensão do direito de dirigir.

Do G1 SE

A partir desta segunda-feira (01) todos os mototaxistas e motofretistas devem utilizar um colete com faixa na cor amarelo-esverdeado fluorescente, aprovada pelo Denatran.
A Companhia de Policiamento de Trânsito (CPTran) vai fiscalizar a utilização do vestuário já que já está disponível no mercado para a venda.

As lojas especializadas reforçaram os estoques com as peças, que custam em média R$ 120, um kit completo com outros itens de segurança pode chegar a R$ 260. Alguns profissionais já se anteciparam ao prazo e compraram os itens de segurança. " É importante para a nossa segurança", diz Rafael Silva.
"Fica alerta para quem não adquiriu, pois serão multados. E corre o risco da suspensão do direito de dirigir quem não tiver usando o colete refletivo", diz o comandante da CPtran, Fabio Machado.
Penalidades
O artigo 244, inciso I, do Código de Trânsito Brasileiro (CTB) estabelece que é infração gravíssima conduzir motocicleta e motoneta sem usar vestuário de acordo com as normas e especificações aprovadas pelo Contran.saiba mais
Quem for flagrado infringindo a lei poderá ser penalizado com multa no valor de R$ 191,54, sete pontos na CNH, suspensão do direito de dirigir, além de medida administrativa do recolhimento do documento de habilita
ç

Jogador quebra a perna nas quartas de final de torneio universitário


Kevin Ware, do Louisville Cardinals, se machucou no primeiro tempo do duelo contra Duke Blue Devils e deixou estádio de ambulância

Por GLOBOESPORTE.COMIndianápolis, Estados Unidos


Uma lesão impressionante marcou o jogo entre Louisville Cardinas e Duke Blue Devils, pelas quartas de final do torneio de basquete masculino universitário da NCCA, nos Estados Unidos. Faltando 6m33s para o fim do primeiro tempo, o armador Kevin Ware, dos Cardinals, quebrou a perna ao cair de forma errada ao tentar bloquear um arremesso.
De acordo com o treinador Rick Pitino, o jogador quebrou a perna em dois lugares e precisará de um ano até voltar a jogar. Enquanto recebia atendimento, Ware gritava "Vençam o jogo". O pedido foi atendido, os Cardinals ganharam por 85 a 63, e os companheiros de time dedicaram o triunfo ao companheiro.
Kevin Ware lesão basquete NCAA (Foto: Reuters)Kevin Ware recebe atendimento depois de quebrar a perna em partida de basquete da NCAA (Foto: Reuters)
Ware saiu da quadra de maca e deixou o Lucas Oil Stadium, em Indianápolis, de ambulância. Enquanto ele era retirado, companheiros e adversários o aplaudiram, e a torcida gritou o seu nome. Os jogadores, líderes de torcida e até o técnico de Louisville chegaram a chorar durante o atendimento do atleta.
Kevin Ware tem 20 anos e está em seu segundo ano na universidade. Ele teve médias de 17 minutos e 4,6 pontos por jogo, mas foi fundamental nas oitavas de final contra Oregon Ducks, quando anotou 11 pontos na vitória por 77 a 69 de Louisville.
Kevin Ware lesão basquete NCAA (Foto: Getty Images)Jogadores do Louisville Cardinals conversam enquanto Kevin Ware recebe tratamento (Foto: Getty Images)
Kevin Ware lesão basquete NCAA (Foto: Getty Images)Kevin Ware deixa a quadra de maca depois de quebrar a perna durante o jogo (Foto: Getty Images)
A reação nas redes sociais foi rápida. Jogadores de basquete como Leandrinho Barbosa, Pau Gasol e Kevin Love rapidamente escreveram mensagens no Twitter sobre o ocorrido. O ex-tenista Andy Roddick e o nadador Ryan Lochte também lamentaram a lesão.

"Minhas preces para Kevin Ware, um grande jogador que joga forte. Desejo a ele a melhor recuperação. Muito difícil de assistir a lesão do Kevin Ware, infelizmente esses são momentos que pode acontecer com qualquer atleta de alto nível", Leandrinho Barbosa.

"Eu odeio ver isso acontecer. Muito doloroso de assistir. Desejando uma rápida recuperação a Kevin Ware", Pau Gasol.

"Não tenho nem palavras. Apenas preces neste momento", Kevin Love.

"Eu realmente admiro o modo como todo mundo nos dois times estava realmente preocupados com o garoto de Louisville. Sinto terrivelmente por ele", Andy Roddick.

"Ouch! Odeio ver um bom jogador se machucar. Tudo de melhor para o jogador de basquete de Louisville", Ryan Lochte.

Em menos de 24hrs, outro estupro de menor é registrado em Neópolis


Em Neópolis
Policiais militares foram ao local do crime para realizar os primeiros levantamentos e ouvir testemunhas
Na noite de ontem, policiais lotados na 2ª Companhia de Polícia Militar de Neópolis, prenderam em poucas horas, um acusado de estuprar uma criança de apenas 5 anos. E nesta tarde de sexta-feira (29), mais um estupro de menor foi registrado, seguido de tentativa de homicídio.
Desta vez, o caso envolveu dois homens e duas crianças. Um dos menores conseguiu fugir e avisar a populares. Mas, o outro chegou a ser estuprado. “O caso aconteceu nesta tarde na estrada que dá acesso ao Morro do Aracaré e envolveu dois menores, um de 11 anos e o outro de 14, além de dois homens. Um foi preso e o outro está foragido”, explicou o cabo Raimonde, que destaca da 2º Companhia de Polícia Militar de Neópolis.
O menor de 11 anos, além de ser violentado, ainda sofreu tentativa de homicídio, o que não chegou a ser consumado porque o outro menor de 14 anos conseguiu fugir e avisar a populares, que foram socorrer a vítima. Um dos envolvidos, Renê Lima, que chegou a ser espancado por populares, foi preso logo em seguida e o outro conhecido por Francinaldo, conseguiu fugir.
“Um dos acusados não teve participação no ato de estuprar o garoto, que foi o Renê Lima, porém, ele espancou o menor de 14 anos que conseguiu escapar. No momento da prisão, ele estava bêbado, sem camisa e segurando a camisa do Francinaldo, que é o acusado de estuprar o menor de 11 anos”, contou o militar.
Francinaldo após lesionar o menor de 11 anos, ainda tentou matá-lo afogado no Rio São Francisco, o que foi impedido por populares. “A vítima estuprado foi encaminhada para o hospital de Neópolis e a médica que atendeu confirmou que o ato do estupro foi praticado. Agora vamos realizar diligências na região para tentar prendê-lo”, concluiu o cabo Raimonde.
Ambos os criminosos residem em Neópolis. O comparsa Renê Lima que foi preso e acusado de espancar o menor de 14 anos vai ser transferido ainda nesta sexta para a regional de Propriá. E o estuprador Francinaldo é considerado foragido. Ainda segundo a polícia, ele tem canoa e pode ter fugido para Piaçabuçu, onde possui familiares.
por Roberto Miranda

Embriaguez: motociclista E Preso Pela PRF


O Homem apresentava visíveis Sinais de embriaguez e se recusou a NÃO Fazer o teste fazer bafômetro, Que registrou Praticamente o dobro Teor alcoólico exigível fazer um parágrafo Prisão.
Por: JornaldaCidade.Net

Policiais Rodoviários Federais prenderam nd Tarde de Hoje (29) hum motociclista pelos crimes de Dirigir embriagado e corrupção Ativa. Os Agentes Federais realizavam ronda NA BR 101, QUANDO NA Altura fazer km 03, município de Propriá, avistaram los UMA motocicleta Honda CG FAN 125 ES, com placa de Sergipe, Uma Pessoa Sendo transportada SEM Capacete.
PRF


O Condutor desobedeceu à Ordem de parada e tentou Fugir, mas FOI abordado pelos Policiais. O Homem apresentava visíveis Sinais de embriaguez de e NAO si recusou a Fazer o teste fazer bafômetro, Que registrou Praticamente o dobro Teor alcoólico fazer exigível para à Prisão. Ao Ser Informado Que Iria Pará Um Delegacia, o motociclista, de 31 años, retirou Noventa reais (R $ 90,00) de SUA Carteira e, EM SUA Troca de liberação, ofereceu Ø Agentes DINHEIRO AOS, Que o conduziram para à Delegacia Regional de Propriá. A ocorrência Aconteceu Dentro da Operação Semana Santa 2013 da PRF, Que Vai Ate a meia-noite desse Domingo de Páscoa.

IPI reduzido para automóveis e caminhões é prorrogado


O prazo para o fim da redução estava previsto para 1º de abril
IPI estimula o setor automotivo (Foto: Arquivo/Ilustração/Infonet)
Em nota, o Ministério da Fazenda justificou que, com a medida, o governo, “não só estimula o setor automotivo, um dos principais motores da economia, como toda a cadeia automobilística, como as indústrias de autopeças, de estofado e de acessórios”.
A prorrogação da desoneração do IPI até 31 de dezembro, de acordo com a Fazenda, representará renúncia fiscal adicional de R$ 2,2 bilhões de abril a dezembro.
Para os veículos flex e a gasolina de até 1.000 cilindradas, a alíquota do IPI permanecerá em 2%. Antes, a previsão era que o imposto fosse elevado para 3,5% a partir de 1º de abril. Segundo o Ministério da Fazenda, a alíquota original para essa classe de veículos é 7%.
Já para os veículos flex de 1.000 a 2.000 cilindradas, que teriam a alíquota do IPI elevada para 9% a partir da próxima segunda-feira, serão mantidos os atuais 7%. Os carros a gasolina, que teriam o imposto elevado para 10%, permanecerão com o IPI em 8%. As alíquotas originais das duas categorias são, respectivamente, 11% e 13%.
Segundo o Ministério da Fazenda, a alíquota para os veículos acima de 2.000 cilindradas permanecerá alterada em 25% para aqueles movidos a gasolina e em 18% para os flex. Para os caminhões, o IPI permanece em zero.
O governo também decidiu prorrogar até 31 de dezembro a alíquota de 2% do IPI para os veículos comerciais leves. Originalmente, o IPI para essa categoria é 8%.
Fonte: Agência Brasil 

Duas pessoas morrem vítimas de acidente de trânsito


O acidente ocorreu na BR 101, nas proximidades de Japaratuba
Vítmas estavam sem o cinto de segurança (Fotos: Portal Infonet)
Um acidente entre um carro de passeio e uma carreta deixou duas vítimas fatais e quatro feridas. O acidente ocorreu na BR 101, na entrada do município Japaratuba, por volta das 10:30h deste domingo, 31. Dentre as vítimas feridas, está uma criança de 8 anos de idade.
De acordo com informações da Policia Rodoviária Federal (PRF), a condutora do veículo Eco Sport, de placa HZW 5609, Aracaju, teria feito uma manobra indevida na pista e colidiu com a carreta. Ainda segundo informou a PRF, dentro do veículo haviam seis pessoas, duas delas estavam sem o cinto de segurança. Carlos Alberto Aragão de 71 anos, e Luana de Oliveira, de 17 anos, morreram na hora, por estarem sem o dispositivo de segurança.
As demais vítimas, a condutora do veículo, Nadja Coutinho, Lea Oliveira dos Prazeres, de 26 anos, a criança de 8 anos e Filomena dos Prazeres de 56 anos, ficaram feridas e foram atendidas pelo Serviço de Atendimento Móvel (Samu) no local do acidente.
Carro ficou destruído com a colisão
Segundo o policial rodoviário Santos Nunes, a condutora do veículo fez um cruzamento indevido e transportava o número de passageiros acima do permitido pelas leis de trânsito. “A condutora fez uma manobra irregular e ainda transportava passageiros acima do permitido, que estavam sem o cinto de segurança”, contou o policial.
Os corpos das vitimas foram encaminhados ao Instituo Médico Legal (IML).
Alerta
O policial rodoviário faz ainda um alerta para aqueles que estão retornando do feriado. “A gente pede que os condutores, que estão retornando para casa depois do feriado, procure ter atenção”, orienta Santos Nunes.
Samu foi acionado para atender às vítimas
Por Eliene Andrade

sexta-feira, 29 de março de 2013

Jogadores desmaiam de fome em partida


Partida aconteceu ontem (27), no estádio Lourival Batista, o Batistão.

Por: UOL Esportes


A pouco mais de um ano de ser a sede da Copa do Mundo, o Brasil ainda passa por situações no futebol dignas de um país subdesenvolvido. Dois jogadores do América-SE, clube modesto do interior do Sergipe, sofreram com falta de comida na derrota por 3 a 0 para o Confiança pelo campeonato local. Um chegou a desmaiar e outro passou mais de uma hora sem atendimento médico.

“No final do jogo deu uma tontura, caí no campo e depois tentei sair. Parei para dar entrevista, não queria falar o que estava acontecendo. Mas não aguentei não. Senti tontura, forte dor de cabeça e acabei falando que estava passando mal”, admitiu o zagueiro Thiago Arapiraca ao UOL Esporte.
Foto: Jadilson Simões/Equipe JC
Partida aconteceu ontem à noite.
“O bombeiro veio e perguntou se eu tinha me alimentando. No primeiro momento menti, falei que tinha. Depois falei que tinha almoçado às 12h30 e só comemos biscoito recheado perto do jogo [às 20h]”.

Enquanto concedia entrevista ao UOL, Thiago contou que era advertido pelos seus companheiros de equipe a não falar, pois eles estavam com medo de uma retaliação da diretoria do América-SE, que segundo relatos da Rádio Jornal sequer estava no estádio Lourival Batista para apoiar os atletas.

“Desde quando cheguei ao clube, vi que estava acontecendo isso. Sei que pode prejudicar minha carreira [falar sobre o caso], mas tem que ver a minha saúde né”, justificou o zagueiro, que diz ganhar “em dia” um salário mínimo mensal do América-SE.

Thiago desmaiou no segundo tempo e foi prontamente atendido pela ambulância que estava no local. Seu companheiro de equipe, o atacante Murilo, passou por situação pior. Ele sentiu tontura quando a partida já havia terminado, e não tinha ninguém para atendê-lo. 

A ambulância só chegou ao estádio por volta de meia noite, duas horas depois do final da partida. Enquanto isso, os atletas e profissionais de imprensa que acompanharam o jogo se mobilizaram para ajudar Murilo com água e comida. Quando o socorro médico chegou, o atacante foi encaminhado para a ambulância sob gritos de "força" dos amigos. Ele recebeu alimentação e logo depois foi liberado.

Ainda segundo a Rádio Jornal, muitos companheiros do atacante choraram por causa da situação.

2ª Festa do Dia das Mães -

Já esta tudo programado, a 2ª Festa do Dia das Mães será realizada no dia 12 de maio, no bairro matadouro na cidade de Propriá, organização João Paulo.


quarta-feira, 27 de março de 2013

Técnicos da Semarh e Adema são treinados para utilizar imagens de satélite


O secretário de Estado do Meio Ambiente e dos Recursos Hídricos (Semarh), Genival Nunes, recebeu do Ministério do Meio Ambiente (MMA) um banco de imagens de satélite (Rapideye) do Estado de Sergipe. As imagens adquiridas servirão para subsidiar o processo de formação do Cadastro Ambiental Rural (CAR) que será operacionalizado em Sergipe.  

Segundo o secretário, cada cadastro de imóvel rural que for efetuado irá compor o Sistema de Cadastro Ambiental Rural, que consiste em um registro público eletrônico de âmbito nacional dos imóveis rurais, integrado aos estados federados visando consolidar um banco de dados integrativo das informações ambientais de propriedades e posses rurais via georreferenciamento.

Explica que o CAR é um instrumento de controle, monitoramento, planejamento ambiental e combate ao desmatamento voltado especialmente para mapear em imóveis rurais as áreas de reserva legal, áreas de preservação permanente, áreas remanescentes de vegetação nativa, áreas de uso restrito e áreas consolidadas. “Somado à Sergipe a ação do MMA, que prevê a regularização ambiental de 5,2 milhões de imóveis rurais em todo o país”, revela Genival.

Durante dois dias, 20 e 21 deste mês, os técnicos de órgãos ambientais do Brasil receberam treinamento para o uso das imagens de satélite. O treinamento ocorreu em Brasília, na sede da Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (Embrapa).

Sergipe

A capacitação foi dividida em duas turmas. A primeira, formada por representantes do Acre, Alagoas, Amapá, Amazonas, Bahia, Ceará, Espírito Santo, Goiás, Maranhão, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Minas Gerais e Distrito Federal. Já a segunda turma, onde esteve inserida o Estado de Sergipe, foi formada pelos restantes dos demais estados que engloba o Brasil: Pará, Paraíba, Paraná, Pernambuco, Piauí, Rio de Janeiro, Rio Grande do Norte, Rio Grande do Sul, Rondônia, Roraima, Santa Catarina, São Paulo e Tocantins.

Uso

Técnicos desses Estados receberam treinamento do Programa Mais Ambiente e estão no preparo da implantação do sistema Estado. De Sergipe, participaram do treinamento o técnico Elisio Marinho, da Semarh, e Valdelice Barreto, representante da Adema.
De acordo com a técnica ambiental, Valdelice Santana, o mapeamento vem facilitar  o trabalho dos órgãos de fiscalização nos programas de prevenção e controle do desmatamento na área de Amazônia Legal e em todo o pais, além de dá celeridade do processo.
 “Por sua importância e implantação, o treinamento se torna necessário para utilização qualitativa do uso desse recurso. Uma vantagem de tudo isso é a agilidade e desburocratização no que concerne os procedimento de averbação de reservas e recuperação de Áreas de Preservação Permanente (APP)”, afirmou a técnica, que explicou ainda que os técnicos do Ministério do Meio Ambiente também orientaram os participantes sobre  às restrições de uso das imagens e outros aspectos técnicos.  

Ascom Semarh

terça-feira, 26 de março de 2013

Senado aprova ampliação de direitos trabalhistas das domésticas


PEC deve ser promulgada e passa a valer após nova sessão do Congresso.
Apesar de garantir 16 novos direitos, sete vão precisar de regulamentação.

Felipe NériDo G1, em Brasília

O Senado concluiu nesta terça-feira (26) a aprovação da proposta de emenda à Constituição conhecida como PEC das Domésticas, que iguala os direitos trabalhadores domésticos aos dos demais trabalhadores urbanos e rurais.
A proposta, que já havia sido aprovada em primeiro turno na terça passada (19), foi aprovada novamente por unanimidade no segundo turno, com o voto favorável de 66 senadores. De acordo com o presidente do Senado, Renan Calheiros (PMDB-AL), o texto será promulgado na próxima terça-feira (2 de abril), em sessão conjunta do Senado e da Câmara dos Deputados.
Durante a votação, vários senadores apelidaram informalmente a PEC de Benedita da Silva, ex-empregada e hoje deputada federal pelo PT-RJ, que trabalhou pela aprovação.
A partir da promulgação, na próxima terça (2), a PEC já garante a aplicação imediata de nove novos direitos a babás, faxineiros e cozinheiros, dentre outros trabalhos exercidos em residências.
Arte PEC das Domésticas direitos (Foto: Arte G1)
Outros sete direitos, no entanto, ainda dependerão de regulamentação para detalhar como serão aplicados e efetivar os direitos e deveres de empregados e empregadores.

Entre os direitos que começam a valer imediatamente após a promulgação da lei, estão a garantia de salário nunca inferior ao mínimo (hoje em R$ 678), jornada de trabalho não superior a 8 horas por dia (máximo de 44 horas semanais), pagamento de horas-extras, além do reconhecimento de convenções ou acordos coletivos (veja tabela ao lado).
Por enquanto, não serão efetivados de imediato o direito a indenização em demissões sem justa causa, a concessão de seguro-desemprego e salário-família pelo governo, conta no Fundo de Garantia por Tempo de Serviço (FGTS), adicional norturno, auxílio-creche e o seguro contra acidentes de trabalho.

Regulamentação
Segundo o Ministério do Trabalho, todos esses direitos ainda dependem de novas leis, ou alteração das existentes – que precisam passar pelo Congresso –, além da edição de decretos ou portarias – lançadas pelo próprio governo.
Não há prazo definido para essas novas normas, mas o Ministério do Trabalho disse que a expectativa é que elas sejam criadas "o mais rápido possível", segundo a assessoria da pasta.
A assessora jurídica da Federação da Empregadas e Trabalhadoras Domésticas do Estado de São Paulo, Camila Ferrari, se reuniu na tarde desta terça (26) com o presidente do Senado para pedir a regulamentação do texto.
Diante da dificuldade para fazer o controle de horários, ela considera necessário que seja estabelecido um piso salarial diferente para profissionais que dormem na casa do patrão.
Segundo ela, o piso maior evita o excesso de pagamento de horas extras e de adicional noturno. "Estamos lidando com patrão e não com uma empresa com vários funcionários. Não é interesse do sindicato onerar o patrão e causar risco de aumento de demissões e da informalidade", afirmou.
7 milhões
Dados do Ministério do Trabalho estimam em 7 milhões o número de trabalhadores domésticos no país hoje; destes, somente cerca de 1 milhão têm carteira assinada e, portanto, os direitos trabalhistas assegurados. Até a aprovação da PEC, os domésticos registrados já tinham direitos como 13º salário, repouso semanal, férias, aposentadoria, entre outros.
Em novembro de 2011, a Organização Internacional do Trabalho (OIT) recomendou condições de trabalho e remuneração decente e iguais aos dos demais trabalhadores para os domésticos em todo o mundo. A organização alertava que a falta de proteção legal aumenta a vulnerabilidade desses profissionais.
Neste ano, a OIT apresentou estudo que aponta o Brasil como o país com mais empregados domésticos, seguido pela Índia, com 4,2 milhões e a Indonésia com 2,4 milhões
.

Ideli Salvatti participa do 1º Encontro Estadual com Novos Prefeitos em SE


Ministra de Relações Institucionais levou informações sobre ações federais.
Objetivo é qualificar gestores para que possam aderir às políticas públicas.

Marina FonteneleDo G1 SE

Líderes dos governos federal, estadual e municipal participaram de encontro  (Foto: Marina Fontenele/G1)Líderes dos governos federal, estadual e municipal participaram de encontro (Foto: Marina Fontenele/G1)
Sergipe é o primeiro estado a receber o Encontro com Novos Prefeitos e Prefeitas promovido pelo Governo Federal. O evento acontece nesta terça-feira (26) em um centro de eventos do município da Barra dos Coqueiros.
“Nós entendemos que seria muito importante Sergipe ser o primeiro a receber o evento devido à parceria que temos com o governador Marcelo Déda e também com a bancada do Senado e Câmara de Deputados. Também por causa das condições para realizar essa proximidade cada vez maior com prefeitos e prefeitas viabilizando que todos os programas que o Governo Federal desenvolve em todas as áreas possam acontecer em todo o Brasil”, afirma a ministra-chefe da Secretaria de Relações Institucionais, Ideli Salvatti.
A iniciativa tem como objetivo facilitar a gestão entre os governos federal, estadual e prefeituras. “Hoje vai ser um treinamento intensivo. Além das palestras, cada prefeito vai ter a oportunidade de conhecer detalhadamente as diretrizes gerais de todos os programas que o Governo Federal desenvolve, mas também vai expressar a situação específica do seu município. Nós vamos ajudar os gestores das 75 cidades sergipanas para que eles possam elaborar projetos e executar as obras de forma plena”, afirma a ministra.
“Nosso estado se tornou um projeto piloto desse trabalho de descentralização dos trabalhos do Governo Federal com os prefeitos brasileiros. Sergipe se sente lisonjeado de inaugurar uma nova forma de diálogo entre a administração central e os municípios”, afirma o governador Marcelo Déda.
Ideli Salvatti e Marcelo Déda em entrevista durante o evento em Sergipe (Foto: Marina Fontenele/G1)Ideli Salvatti e Marcelo Déda em entrevista durante o evento em Sergipe (Foto: Marina Fontenele/G1)
O prefeito de São Francisco, Manoel Vieira da Silva Filho, preparou uma lista de dúvidas para serem esclarecidas no encontro. “Uma equipe da prefeitura veio comigo para não perdermos nenhum detalhe dessa oportunidade de aprender direto da fonte de informações. Como algumas atividades acontecem simultaneamente nós vamos nos dividir nas tarefas”, relata.
Em reunião realizada na noite de segunda-feira (25), a ministra e demais gestores de órgãos federais estipularam compromissos para que todos, junto com a administração estadual, possam apoiar os prefeitos.
Prefeito de São Francisco espera esclarecer dúvidas (Foto: Marina Fontenele/G1)Prefeito de São Francisco espera esclarecer
dúvidas (Foto: Marina Fontenele/G1)
Programação
Na manhã desta terça-feira (26) os gestores públicos participaram de uma discussão sobre Planejamento e Gestão dos Municípios com a Secretaria de Relações Institucionais e com o Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES).
A partir de 14h30, haverá uma palestra sobre o Programa de Aceleração do Crescimento (PAC II), Regime Diferenciado de Contratações Públicas (RDC), Minha Casa, Minha Vida, Prevenção de Desastres Naturais e Sistema de Gestão de Convênios (SINCONV). Simultaneamente, será ministrada outra palestra sobre Plano Brasil Sem Miséria, Políticas de Educação, Políticas de Saúde, Apoio a Elaboração dos Planos Plurianuais (PPA) e Participação Social e Cidadania.
Nas salas de atendimento, servidores dos Ministérios da Saúde, Desenvolvimento, Educação, das Cidades, do Desenvolvimento Agrário, da Integração Nacional e da Fundação Nacional de Saúde (Funasa) vão orientar os prefeitos e seus auxiliares técnicos.
Repasse de recursos
Sobre a redução do valor repassado pelo Fundo de Participação dos Municípios (FPM), a ministra disse que está acompanhando atentamente a situação.
“Nós já tivemos uma situação onde o FPM teve uma queda em relação ao ano anterior que foi exatamente em 2010 após a crise de 2008 e 2009. Naquela época houve uma reposição do FPM para pelo menos equilibrar o que tinha arrecadado no ano anterior e se tiver uma repetição da situação de 2010 não haverá a menor dúvida que a presidente Dilma Housseff vá fazer a reposição”
.

1º XCO - BIKE CLUBE PROPRIÁ

INSCRIÇÃO 19/MAIO/2019    08HS CT: Bike Clube Propriá INFORMAÇÕES BANCARIA Andre Correia dos Santos Caixa Econômica Federa...