sexta-feira, 29 de maio de 2009

Mesa devolverá PEC do 3º Mandato a Jackson

O deputado Jackson Barreto poderá reapresentar a proposta se conseguir outras assinaturas e atingir o número mínimo (171)




Por falta do número mínimo de assinaturas (171), a Secretaria-Geral da Mesa vai devolver ao deputado Jackson Barreto (PMDB-SE) a Proposta de Emenda à Constituição (PEC) 367/09, que permite um terceiro mandato consecutivo para presidentes da República, governadores e prefeitos. A proposta foi protocolada ontem à tarde com 183 assinaturas, mas até a zero hora de hoje 17 deputados retiraram seus nomes, reduzindo o número para 166 - cinco a menos que o mínimo. Retiraram as assinaturas 8 deputados do DEM, 5 do PSDB, 2 do PMDB, 1 do PMN e 1 do PP. O deputado Jackson Barreto poderá reapresentar a proposta se conseguir outras assinaturas e atingir o número mínimo.
Posição contrária

O líder do PT, deputado Cândido Vaccarezza (SP), havia afirmado que seu partido votaria contra a PEC, mas não iria pedir aos parlamentares da bancada para retirar as assinaturas da proposta.Ontem, o líder do governo, deputado Henrique Fontana (PT-RS), também confirmou que o presidente Luiz Inácio Lula da Silva é contra a proposta do terceiro mandato.
Fonte:Infonet

Prefeitura de Telha teme catástrofe nos perímetros irrigados

Mesmo as chuvas tendo dado uma trégua, o prefito Éris de Melo continua preocupado com os perímetros irrigados

A chuva deu uma trégua no município de Telha, mas o prefeito Éris de Melo continua temendo uma catástrofe nas áreas do perímetro irrigado. Em entrevista ao Portal Infonet no final da tarde desta quinta-feira, 28, o prefeito disse que o dia foi de muito trabalho para evitar que o dique venha a romper com o aumento do volume das águas do riacho Jacaré. O número de desabrigados no município já é de cerca de 30 famílias.
Segundo Éris de Melo, são 360 lotes no perímetro irrigado, de onde sobrevivem da rizicultura (cultivo de arroz) e piscicultura (criação de peixes), cerca de mil famílias. “Hoje tivemos que enviar retro-escavadeiras aos projetos irrigados e estamos rezando para que não chova mais, pois se o riacho Jacaré continuar transbordando, com certeza vai haver uma catástrofe”, teme acrescentando que os prejuízos serão incalculáveis até porque as pessoas já estavam se preparando para colher o arroz e retirar daqui há 15 dias, os cerca de 30 mil peixes de cada viveiro.
Desabrigados
Quanto aos desabrigados, o prefeito de Telha informou que já são 30 famílias. “Somente na Prainha da Adutora, são 28. As residências dessas pessoas estão correndo o risco de desabar por conta das várias rachaduras e a prefeitura teve de alugar casas para abrigá-las”, ressalta acrescentando estar esperando equipes da Defesa Civil esta sexta-feira, 29, ao município que já entrou com pedido de Estado de Emergência.
Por Aldaci de Souza
Fonte:Infonet - Cidade

quinta-feira, 28 de maio de 2009

Principais setores da Polícia Militar têm novos comandantes

Em Propriá.

Comandante do 2º Batalhão da Polícia Militar (Propriá)
Coronel PM Marcos Mota Miranda

Fonte: Ne Notícias

Tribunal do Júri de Propriá acata tese do MPE e condena réu com pena recorde

O Tribunal do Júri da 2ª Vara Cível e Criminal da Comarca de Propriá reconheceu a procedência da tese oferecida pelo Ministério Público do Estado de Sergipe, por meio do Promotor de Justiça Peterson Almeida Barbosa. A sentença do Juiz de Direito Rômulo Dantas Brandão foi recorde no Tribunal do Júri de Propriá e condenou o réu a 40 anos e 10 meses de reclusão, inicialmente em regime fechado, por homicídio duplamente qualificado e tentativa de homicídio duplamente qualificado.
Em 30 de dezembro de 2007, Edvânio Porto dos Santos atirou com um revólver calibre .38 em dois colegas que estavam em sua companhia, pelas costas, depois de passarem o dia ingerindo bebida alcoólica. Um deles refugiou-se em um matagal, onde veio a óbito por falta de atendimento, não resistindo aos ferimentos, e o outro, também ferido, foi socorrido por uma viatura da Polícia Militar.
Conforme o Promotor, a pena sentenciada deveu-se ao reconhecimento pelos jurados dos crimes de homicídio e tentativa de homicídio duplamente qualificados (art. 121, §2º, II e IV c/c art. 14, II, e art. 69, todos do Código Penal) e à recente alteração na legislação processual penal que pôs fim ao recurso de protesto por novo júri, que de certa forma limitava os Juízes quando da dosimetria (cálculo da pena).
O réu não obteve nenhum voto favorável à sua tese, tendo os jurados considerado-o culpado, por unanimidade. “O crime foi de fato bárbaro e chocou toda a sociedade, foi praticado por motivo importância inferior e as vítimas foram atingidas de surpresa”, considerou o promotor.
Fonte: Ne Notícias

PEC DE JACKSON: Para Carlos Britto, 3º mandato fragiliza república

A ideia de terceiro mandato é um risco para o Brasil, pois "fragiliza" o sistema republicano e "reaproxima" o país da monarquia. É como pensa o presidente do TSE (Tribunal Superior Eleitoral), ministro Carlos Ayres Britto.
Em entrevista à Folha ele, que também é ministro do Supremo Tribunal Federal, afirmou: "A república postula a temporalidade e a possibilidade de alternância de poder. Quanto mais se prorroga o mandato, mais [o país] se distancia da república e se reaproxima da monarquia".
Não é assim, no entanto, que pensa o deputado federal Jackson Barreto (PMDB-SE), que pretende apresentar até a próxima sexta-feira a proposta de emenda constitucional que prevê um referendo sobre a possibilidade de o presidente Luiz Inácio Lula da Silva concorrer a um novo mandato.
A emenda prevê a realização de um referendo em setembro, para valer já para a eleição de 2010, como revelou a Folha no último domingo. Barreto tem pelo menos 178 assinaturas de deputados (16 delas de oposicionistas), número já superior ao mínimo definido pelo regimento da Câmara para protocolar a proposta.
Para Ayres Britto, porém, o conteúdo desse projeto não se "concilia" com a república. "Dizer que é constitucional o terceiro mandato é dizer que o quarto também é. E não tem como evitar dizer que é constitucional o quinto mandato, fragilizando a ideia de república."
O próprio presidente Lula também afirma que não discute a hipótese de disputar um terceiro mandato.
Ayres Britto também disse que, se for aprovado o projeto de lei apresentado pelo deputado Eduardo Cunha (PMDB-RJ) para reduzir de um ano para seis meses o prazo mínimo de filiação partidária antes das eleições de 2010, o TSE irá criar mecanismos para agilizar os processos contra os infiéis.
Avalia-se que um deputado, por exemplo, que mudar de partido nos últimos seis meses de mandato para concorrer por outro partido nas eleições seguintes ficará imune à cassação por infidelidade partidária, já que o TSE não conseguiria, em tão pouco tempo, julgar o caso.
"Mudar de partido um ano ou seis meses antes das eleições leva e levará à perda de mandato. Se esse projeto vier a ser aprovado, o TSE irá criar mecanismos de ultra-agilização do processo de perda de mandato por infidelidade", afirmou ele.
Para Ayres Britto, a ideia de reduzir o prazo alteraria uma lógica -"saudável"- de formar o quadro partidário antes de definido o quadro político nacional que prevalecerá nas eleições, o que não seria adequado.
Fonte:Folha de São Paulo

Matéria completa para assinantes da Folha de São Paulo

Eleitores de Neópolis voltam às urnas

A Justiça Eleitoral marcou para o próximo dia 5 de julho as novas eleições do município de Neópolis, região ribeirinha de Sergipe.Há cerca de duas semanas, a Prefeitura está sendo comandada pelo presidente da Câmara, vereador Felipe Barreto (PHS), por conta da cassação do prefeito Carlos Roberto Guedes (PTB) e do seu vice, Luiz de Melo França (PMDB).
Reeleitos em outubro do ano passado, eles são acusados de abuso do poder econômico, ao distribuir combustível durante o processo eleitoral, supostamente em troca de votos.As normas para o novo pleito foram estabelecidas pelo Tribunal Regional Eleitoral de Sergipe.Carlinhos não vai poder participar do novo processo.
Fonte: Atalaia Agora

Prefeito de Telha decreta situação de emergência

Os estragos provocados pelas chuvas torrenciais no pequeno município de Telha, localizado às margens do Rio São Francisco, levaram o prefeito Éris de Melo a decretar estado de calamidade pública na tarde de hoje (27). Há dois dias chove forte na região. O município já contabiliza perdas em torno de 1 milhão de reais.
Bares inundados De acordo com o chefe de gabinete da prefeitura de Telha, Ermano Mota Júnior, a situação é crítica. A estrada que liga os municípios de Telha e o povoado Bela Vista está interditada e a escola professor José Francisco Dias foi inundada. Na zona rural já há uma família desabrigada e várias em estado de alerta.
Comerciantes preocupados "Estamos preocupados por que a plantação de arroz e a criação de peixes são as principais fontes de renda da população do Baixo São Francisco. As pessoas estão desesperadas com tantas chuvas. Se continuar chovendo hoje à noite não sei o que será do nosso município",disse Júnior. O gestor explicou que a situação do município se agravou em decorrência das águas do Riacho do Jacaré que desaguou no Velho Chico, causando uma maior vazão no rio. Os 20 bares da praia da Adutora estão inundados e o comércio no local está parado. Decreto - Amanhã (28) a prefeitura de Telha assina o decreto de estado de emergência e encaminha a solicitação de ajuda à Secretaria de Inclusão Social. "Vamos pedir cestas básicas para as famílias do Projeto Propriá, que vivem da plantação do arroz e da criação de peixes. Eles tiveram seus lotes inundados e estão precisando de ajuda", informou o secretário. O projeto irrigado Propriá( que engloba os municípios de Propriá, Telha e Cedro de São João) foi iniciado em 1975 apenas com a rizicultura, mas agora muitos dos 247 produtos estão trabalhando em consórcio com a piscicultura.
(Foto:Sérgio Ferreira)
Fonte: Atalaia Agora

terça-feira, 26 de maio de 2009

Porto Real do Colégio recebe Corregedoria do MPE

A Corregedoria Geral do Ministério Público Estadual anunciou a correição ordinária no município de Porto Real do Colégio na próxima sexta-feira (29). Durante os trabalhos qualquer cidadão que se sentir prejudicado com a atuação do MPE no município poderá apresentar reclamações aos integrantes da Corregedoria. No calendário de trabalho também está prevista nos dias 4 e 5 de junho, a visita dos corregedores no município de Penedo.
Segundo o corregedor-geral, Francisco Sarmento, este tipo de atividade, prevista no Regimento Interno da Corregedoria, serve para melhorar ainda mais o trabalho dos promotores de Justiça que estão mais próximos dos anseios da sociedade. As atividades no município serão conduzidas pelo corregedor-geral substituto, Antiógenes Marques de Lira, e pelo promotor de Justiça Antônio Sodré.

Fonte: MP/AL

terça-feira, 19 de maio de 2009

Propriá: manifestação de índios no dia 30


Manifestação que ocorreria na manhã de hoje, 19, foi adiada para o fim do mês


Foi adiada para o dia 30 de maio a manifestação dos índios que compõem a tribo Kariri Xocós, de Porto Real do Colégio (AL). Eles fecharão um trecho da BR-101 que liga o município a Propriá 9SE)através da ponte sobre o rio São Francisco. Eles reivindicam a posse de 4.419 hectares de terra para ampliar a aldeia que ocupa cerca de 624 hectares. A terra reivindicada já foi demarcada, resta apenas que o governo federal pague as indenizações aos posseiros.
Fonte:Infonet

sábado, 16 de maio de 2009

Britto diz que TSE julgará Déda ainda neste semestre

Chico Freire
chicofreire@jornaldodiase.com.br

Ao ser questionado quando o processo que tramita no Tribunal Superior Eleitoral (TSE) pedindo a cassação do mandato do governador Marcelo Déda (PT) entrará na pauta de votação, o presidente do TSE, ministro Carlos Ayres Britto, disse que todos os processos tendo como sujeito passivo o governador estadual estão tramitando com a cláusula implícita de celeridade, e que, ainda neste primeiro semestre, todos devem ser julgados, citando como exemplo o último julgamento do governador do Amapá.
Segundo Carlos Britto, o próximo processo a ser julgado é o do governador do Tocantins, “e assim avante, os processos estão ficando maduros para julgamento e deveremos dar uma resposta jurisdicional comum. É do nosso dever ainda neste semestre”, disse.
Perguntado sobre a questão e entendimento de alguns juristas e também do Supremo Tribunal Federal de que, na cassação do mandato do governador, deva haver uma nova eleição e não a substituição pelo segundo colocado, Carlos Britto disse que essa jurisprudência do TSE é muito antiga e o Supremo, nas vezes em que se pronunciou, foi favorável, a exemplo do caso do governador de Rondônia, do Piauí, e que, a chamada do segundo colocado não é automática.
O ministro esclareceu que é preciso que o segundo colocado tenha conquistado a maioria dos votos remanescentementes validos, ou seja, os votos do primeiro turno dele, excluídos os votos do segundo turno daquele candidato que no segundo turno teve os seus votos anulados.
O ministro esclarece ainda que, se o candidato que foi “banido” no segundo turno obteve no primeiro turno a maioria dos votos, o segundo não é chamado. Para o segundo colocado ser chamado é preciso que ele tenha a maioria dos votos do primeiro turno desses votos excluídos como está na Constituição, e os votos anulados no segundo turno.
- Isso é uma jurisprudência antiga e nunca foi modificada. Vamos aguardar que o Supremo decida de uma vez por todas essa questão -, frisou.

Fonte: Jornal do Dia

quinta-feira, 14 de maio de 2009

Rio São Francisco X Dono de Bar (invasores)



O Rio São Francisco, esta colocando os invasores para correr,


Prainha da Cidade de Amparo do São Francisco/SE


Hoje: Dia 14/05/2009




Na Prainha da Adutora, Telha/SE não e nada diferente das outras margens do Rio São Francisco, o bicho esta pegando, tem mais foto vejam só.











Olhe ai outra foto da prainha da adutora em Telha/SE, fiquei sabendo que as águas do rio vai subir mais de hoje para amanha, os donos dos bares da prainha, já se mandaram, mais foi avisado que ele ia encher, mais um ano de prejuiso, ou não alias que esta no lugar de quem.

Fotos: Gazeta de Propriá

quarta-feira, 13 de maio de 2009

Falta de respeito com o Rio São Francisco!

Onde esta a justiça que não ver esse descaso com o Rio São Francisco
Óleo, detergente, produtos químicos derramados as margens do Rio São Francisco, ate quando essa agressão ao nosso Rio. Ministério Publico, Prefeitura Municipal, População de Propriá, vamos abrir os olhos, vamos dar mais atenção ao Rio São Francisco.




Fonte: Gazeta de Propriá
Fotos :Gazeta de Propriá








terça-feira, 12 de maio de 2009

Chuva deixa dois mortos e 170 desabrigados em SE

Situação mais grave é registrada no município de Estância.
Previsão é que chuvas continuem até sexta-feira.

Duas pessoas morreram e 170 estão desabrigadas em consequência das fortes chuvas que caem em Sergipe desde domingo (10). A situação mais grave está no município de Estância, na região sul do estado, a 68 quilômetros de Aracaju, onde o Rio Piauitinga transbordou e uma forte correnteza destruiu uma ponte, estabelecimentos comerciais e veículos. A previsão da meteorologia é de que as chuvas continuem atingindo Sergipe até sexta-feira.
Ontem pela manhã, uma menina de 8 anos morreu após ser levada pela água da chuva em um canal na zona norte de Aracaju. O acidente ocorreu quando a criança e o primo foram ver como estava o nível do canal. Ela se desequilibrou e caiu. Moradores locais tentaram salvá-la, sem sucesso. O Corpo de Bombeiros foi acionado, mas não tinha uma corda para laçar a garota.
saiba mais

A outra morte ocorreu no município de Estância. Um empresário estava dentro de seu veículo quando foi surpreendido pelas águas e não conseguiu sair. Mais tarde ele foi resgatado por moradores e levado com vida para o hospital do município, onde morreu. Em Estância, o nível do Rio Piauitinga subiu cinco metros, destruiu uma ponte, inundou quatro bares e uma pousada e 14 veículos ficaram submersos. Ontem, um trecho da BR-101 ficou interditado durante mais de três horas.
Os desabrigados de Estância foram levados para o ginásio de esportes da cidade. As chuvas também preocupam moradores dos municípios de Maruim, onde as águas do Rio Ganhamoroba já invadiram 240 casas. Na cidade histórica de São Cristóvão, 220 residências foram invadidas pelas águas do Rio Paranopama, que subiu 50 centímetros.
Fonte: G1

segunda-feira, 11 de maio de 2009

Professores receberão conforme a lei

O prefeito de Propriá, Paulo Britto (PT), sancionou a lei municipal 438/09, que estabelece o pagamento do salário dos professores com base no piso salarial nacional de R$ 950.00, obedecendo a lei federal 11.738/2008. A assinatura aconteceu no gabinete do prefeito e contou com a presença da delegada do Sindicato dos Trabalhadores em Educação de Sergipe (Sintese), de Propriá, Givalda Santos de Aquino.
Para o prefeito, a lei municipal é uma prova do reconhecimento da adminstração em valorizar as condições salariais dos professores " Trata-se de um grande exemplo de disciplina administrativa, em virtude das dificuldades existentes na gestão com falta de recursos agravanda pela crise econômica mundial", afirma Britto.
" Estamos aqui para gerenciar desafios. Só existe prarceria quando há confiança mútua, e a prefeitura confia em quem está à fente do Sintese. Reconhecimento que a classe do professor deve, efetivamente, ser valorizada, porque tudo está incluido no aspecto a educação, e tudo gira em torno da cultura e da educação", ressaltou o prefeito.
"Foi uma vitória para a categoria. Conseguimos aimplementação do piso graças à parceria com a prefeitura e o apoio dos vereadores. Esperamos conseguir avançar mais com outos projetos de gestão", ressaltou delegada Gilvanilda Aquino.
"Tenho expectativa de melhorar ainda mais o ensino na sala de aula, pois sabemos que a maioria dos nossos professores tem responsabilidade com o aprendisado dos seus alunos. Com certeza a valorização do professor reflete na qualidade do ensino.
Professores mal remunerado, desvalorizado, não tem como trabalhar satisfeito", acrescentou Britto.
O prefeito já marcou para esta semana uma reunião com a comisão do Sintese que irá definir os procedimentos para implementação da gestão democrática nas escolas. "Esse, com certeza, será outro avanço na educação municipal de Propriá", assegurou Britto.
Fonte:Jornal da Cidade

quarta-feira, 6 de maio de 2009

Nota Promissoria da Uzina Canindé em Propriá/SE


Encarte da Uzina Laurita em Propriá/SE


Eleições para Deputado Federal em Propriá em 18-4-1906

Propriá na época só tinha 600 eleitores, embora os que compareceram e os que faltaram ao pleito Somem 663 eleitores; José Rodrigues da Costa Dória foi eleito Deputado Federal.
Pedro Rodrigues da Costa Dória eleito em 1910.


Em 1916 e Nomeado Desembargador

José Cupertino da Fonseca Dória em Propriá

Professor de Língua Latina na Villa de Propriá

Tinha a cadeira de professor de língua latina em Propriá conforme o ato de 30 de março de 1829 do Presidente Inácio José Vicente da Fonseca em comprimento da Lei Imperial de 15 de outubro do ano anterior:
Professor:
Rer. Manuel Francisco de Carvalho
Villa de Propriá
Salário: 240$000

Arrecadação de Propriá/SE

Município Propriá/SE

1900-----84:676$662
1901-----94:431$401
1902-----86:926$017
1903-----85:178$539


Orçamento de Propriá em 1903

Município Propriá

Receita-----16:000$000

Despesa-----15:980$000


Habitantes de Propriá em 1911

Município Propriá

Habitantes-----28.000


Nascimento e Óbito em Propriá ano de 1914


Município Propriá

Nascimento-----42

Óbito-----455


Fonte: Mensagens do Presidente Josino Menezes à Assembléia Legislativa
Fonte: Diário da Manha, Aracaju,11-3-1916



Plebiscito de 5-3-1897 sobre o Prestigio Eleitoral de Olimpio Campos

Os Adversários de Olimpio Campos propõem “Tirar a prova, fazer um plebiscito” que e feito em Aracaju, e traz a assinatura de João Fernandes de Britto que fazia parte do Partido Republicano Federal.

Fonte: A Noticia 6-3-1897

Primeiro Jornal de Propriá em 1907 Norte de Sergipe

Em Propriá, o jornal Norte de Sergipe, iniciativa de João Fernandes de Brito e Francisco Porfírio de Brito.


Nota do jornal Norte de Sergipe em 1908

Em Sergipe “não há oposição, todos se congregam em redor de Rodrigues Dória” (26-11-1908)

O jornal Norte de Sergipe registra, em Propriá, que amigos do general José de Siqueira Menezes fazem o enterro de Oliveira Valadão e Pinheiro Machado e do senador Coelho e Campos
(Folha de Sergipe, 9-4-1911)

Escravidão em Propriá

Proprietários de Propriá “movem as suas propriedades exclusivamente com trabalho livre”
E cita o proprietário do engenho “Brejinho”, João de Aguiar, que só emprega “braços livres”


A maior cheia do São Francisco em Propriá

De modo especial em Propriá, as “casas ruíam”, as ruas verdadeiros “canais navegáveis”,
conforme relatos “é ainda superior à de 1906” O Governo, de acordo com o Decreto n° 687
de 24-3-1919, abre crédito de 30:000$000 para assistir os flagelados e distribuir socorros.

Sociedade Agrícola e Industrial de Sergipe

Propriá estava sendo representado por, Francisco Porfirio de Brito, Fábrica Propriá, de Brito, Menezes & Cia

Felisberto Firmo de Oliveira Freire
Primeiro Presidente Republicano do Estado de Sergipe

• “Decreto de 11 de marco de 1890 defende a Fazenda Estadual “as margens do Rio São Francisco, em conseqüência do contrabando que ali se realiza”
• Dissolve a Câmara Municipal de Propriá em 02-01-1890.

“Regime do Chicote”

O Senador José Joaquim Pereira Lobo afirma, no Senado, que o “regime do chicote foi instituído em Sergipe pelo Governo de Rodrigues Dória”,
Fonte: Diário da manhã (23-5-1918)

Estatística Criminal de Propriá/SE

Levantamento demográfico feito pelo Presidente Salvador Correia de Sá e Benevides


Localidade: Propriá População Total: 14.428
1 Crime para (habitantes): 7.214


“Gripe Espanhola”


Em Propriá foram 1.125 casos


Fonte – Relatório à Legislativa Provincial, 2-7-1856



sexta-feira, 1 de maio de 2009

Dr. José Rodrigues da Costa Dória

Filho legitimo do casal Gustavo Rodrigues da Costa Doria e Dona Maria da Soledade Costa Dória, o Dr.Rodrigues Dória nasceu nesta cidade, aos 25 de julho de 1857. Diplomou-se em medicina pela Faculdade de Medicina da Bahia, em 16 de dezembro de 1882.Foi professor catedrático de Historia Natural Medica da referida faculdade. Fundada a faculdade Livre de Direito da Bahia. Ocupou a cadeira de Medicina Legal que exerceu até próximo a sua morte. Foi eleito deputado federal por Sergipe, cujo mandato viu renovado por 4 legislatura. Foi presidentes do Estado de Sergipe no triênio de 24 de outubro de 1908 a igual data de 1911, governo modelar de critério, honestidade e justiça. Homem de letras e portador de vastíssima cultura legou à mocidade estudiosa da sua Pátria grande cabedal cientifico numa fértil e abundante cópia de trabalhos publicados sobre vários assuntos, em torno dos quais a imprensa mundial! Bordou os mais justos e elevador conceitos. Faleceu em salvador, aos 14 de janeiro de 1938, tendo a sua morte aberto uma lacuna impreenchível.
2) Rodrigues Doria. Surgem em Propriá na segunda metade do século XVIII. O ancestral mais antigo é o cel. Antonio Rodrigues da Costa Doria. Dele era bisneto Rodrigues Doria - José Rodrigues da Costa Doria, que foi deputado federal e presidente de Sergipe, conhecido como Rodrigues Doria. Os Sampaio Doria de S. Paulo (Antonio de Sampaio)
“O que a imprensa verdadeiramente não tolera é a minha independência de caráter. Não adulo. Quero amigos, e não servos, tenho amigos, mas não superiores. Nunca traspuz o limiar da casa de um doente, em Sergipe, pensando em remuneração, indagando a que partido pertencia ou se tinha votos para me dar” Presidente José Rodrigues da Costa Dória,
“Jornal do Povo”, Aracaju, 13-12-1922

Presidente de Sergipe José Rodrigues da Costa Dória


Eleito em 30-7-1908, José Rodrigues da Costa Dória, e empossado em 24-10-1908 no mesmo ano em que foi instalados em Aracaju, os bondes puxados a burros. É um grande nome, esclarecido, independente, não patrocina ambições menores. Medico em Laranjeiras (1883/1885) deixa o interior para fazer faculdade de Medicina na Bahia, Professor da faculdade de Medicina (5-12-1885) e, igualmente, em Salvador , da Faculdade de Direito (17-3-1891) ele, em 1897 e deputado federal atuante, corajoso, mesmo com “estado de sitio” O melhor dos escritos de Rodrigues Dória é o que “traçou sobre a maconha em 1915, trabalho hoje clássico,
que assinala o ponto inicial das pesquisas brasileiras a respeito do assunto” segundo suas declarações ao jornal carioca A Noite, em 21-8-1935, foram os escravos que “nos trouxeram o,,vicio da maconha, participou em Washington. Do 2° congresso cientifico Pan-Americano quando trata dos fumadores de maconha, efeitos e males do vicio. Rodrigues Dória escreve ao
Jornal de Sergipe, de Aracaju – “ desde criança via fumar a erva em Própria” a excitação muita vez desperta a veia poética de alguns, outras vezes era causa de rixas, brigas, pancadaria, intervenção da policia” 4-9-1935. O Presidente José Rodrigues da Costa Dória determina que o tesouro, por falta absoluta de dinheiro e de credito, suspenda todo e qualquer pagamento, o
próprio Presidente não recebe, durante meses, a remuneração do cargo, este e um dos resultados da política de Olimpio Campos e seu incompetente irmão, o ex. Presidente Guilherme Campo. foi de Rodrigues Dória a idéia da construção da estrada de ferro
Própria/Timbó por sua influência como deputado federal foi ele quem instituiu o Serviço de Identificação Datiloscópica, torna efetiva a exigência de concurso no preenchimento dos cargos de magistério e do tesouro.

Ato do Presidente José Rodrigues da Costa Dória

A professora Isabel Giudice Lima, da Lagoa Vermelha (Boquim), que deseja, no ultimo período de gravidez, 90 dias de licença e exara o famoso despacho: “Concedo sem vencimento visto não constitui moléstia o estado Da suplicante nem situação independente da sua vontade”

O Presidente Rodrigues Dória não fecha os olhos e os ouvidos à criticas, não considera o
adversário como inimigo. Ele tem, contudo, inimigos passionais, intolerantes, coso de
Gilberto amado, deputado federal na eleição de 30-1-1915. Rodrigues Dória, Presidente
de Sergipe, nomeia Gilberto Amado para um lugar na Escola Normal mas, como ele vai morar
em Recife, o Governo suspende o pagamento dos vencimentos. Dois anos depois, Gilberto
Amado “requereu o pagamento dos vencimentos não recebidos”, mas o Presidente indeferiu a
petição

(Jornal do Povo, 17-4-1915)


PROPRIÁ CANTADA EM PROZA E VERSOS POR LUIZ GONZAGA

Música : PROPRIÁ

TUDO QUE EU TINHA
DEIXEI LÁ, NÃO TROUXE NÃO
DEIXEI O MEU ROÇADO
PLANTADINHO DE FEIJÃO
DEIXEI A MINHA MÃE
O MEU PAI E MEUS IRMÃOS E COM A ROSINHA
EU DEIXEI MEU CORAÇÃO
POR ISSO
EU VOU VOLTAR PRA LÁ
NÃO POSSO MAIS FICAR
ROSINHA FICOU LÁ EM PROPRIÁ
AI, AI, UI, UI
EU TENHO QUE VOLTAR
AI, AI, UI, UI
MINHA VIDA TÁ TODINHA
EM PROPRIÁ

Letra: Luiz Gonzaga

1º XCO - BIKE CLUBE PROPRIÁ

INSCRIÇÃO 19/MAIO/2019    08HS CT: Bike Clube Propriá INFORMAÇÕES BANCARIA Andre Correia dos Santos Caixa Econômica Federa...