Quando o ser humano atinge seu nível de incompetência


Hoje eu li um pequeno artigo sobre o nível de incompetência   e resolvi postar aqui a minha visão sobre o assunto. Trata-se de pessoas que buscam e alcançam algo que está fora de seu controle.
Acho que o problema está nas decisões, escolhas e até mesmo no sistema em que vivemos, não podemos ir para onde o vento sopra, nem ir atrás de uma profissão apenas pelo dinheiro  e também não podemos deixar que as coisas nos sobrepoem, ou seja, devemos estar sempre no controle, influenciando as coisas e direcionando-as.
O que devemos fazer é buscar algo que estejamos preparados para assumir, não adianta dar um passo mais longo do que nossa capacidade, se isto acontecer, com certeza iremos sofrer as consequências no dia de amanhã.
Eu particularmente, por acompanhar os acontecimento de nossa realidade, principalmente empresarial, vejo que muitas pessoas estão no lugar errado, no cargo errado, fazendo errado, prejudicando-se e prejudicando os outros.
Não sei se todos que estão lendo este artigo já trabalharam e/ou conviveram no dia-a-dia com pessoas que não estão preparadas para exercer a função que exercem, transparecendo insegurança, incapacidade, deixando a desejar até nas coisas mínimas, deixando de agregar valor a própria empresa e ao próximo também.
Como diz o princípio de Peter, em Administração "Num sistema hierárquico, todo o funcionário tende a ser promovido até ao seu nível de incompetência." Quando o trabalhador chega no seu nível de incompetência, ele simplesmente deixa o barco naufragar, o estresse toma conta de seu ser e ele acaba não produzindo nem o suficiente para se manter na empresa.
Pouco tempo atrás,  eu presenciei dois casos de pessoas que se depararam em uma situação em que preferiram a demissão, não conseguiram mais permanecer na empresa em que trabalhavam, atingiram seu nível de incompetência e foram embora.Outro caso de conhecimento meu, foi que uma determinada empresa promoveu seu melhor funcionário para uma área que o mesmo não dominava, como não é habitual voltar o funcionário ao cargo anterior, a empresa simplesmente teve que demiti-lo.
É importante trabalhar onde somos competentes, assim o estresse não nos atormenta, temos capacidade de buscar conhecimento e de fazer o melhor que podemos para a empresa e consequentemente crescermos juntos.

Sites visitados:
www.google.com.br
http://pt.wikipedia.org/wiki/Princ%C3%ADpio_de_Peter.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Aluna de 13 anos é filmada fazendo sexo em escola de São Paulo

Veja a relação de aprovados no Exame da Ordem em Sergipe

Caminhão furtado em Porto Real do Colégio é recuperado em Propriá/SE