Bebê morre afogado em bebedouro de animais em fazenda no ES


Morte aconteceu na localidade de Degredo, em Linhares. Pai recupera-se da perda de outro filho, assassinado há uma semana.

Anelice SenaDo G1 ES com informações da TV Gazeta Norte

Uma criança, de um ano e sete meses, morreu afogada em um alagadiço que serve de bebedouro de animais, no quintal da casa da família, em uma fazenda na localidade de Degredo, zona rural de Linhares, Norte do Espírito Santo. A fatalidade aconteceu na tarde desta terça-feira (12). A mãe, Ana Paula Soares, disse que havia dado banho na filha 10 minutos antes de encontrá-la afogada. A vítima foi levada com vida para um hospital da região, mas morreu ao chegar na unidade de saúde. A Polícia Civil investiga a morte.
O pai da criança, o vaqueiro José Pires, recupera-se da perda de outro filho, assassinado há uma semana. Ele contou que o afogamento aconteceu muito rápido. “A mãe deu banho e deixou a criança sozinha para cuidar do outro bebê, de sete meses. Procuramos por toda a casa. Quando chegamos do lado de fora, vimos ela caída de bruços na água”, disse.
O dono da fazenda levou a criança para o hospital, ao lado dos pais. O delegado do Departamento de Polícia Judiciária (DPJ) de Linhares, Arnaldo França, disse que a família da criança esteve no Serviço de Médico Legal (SML) do município e o corpo foi liberado
.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

ORIGEM DE PROPRIÁ - SE

Caminhão furtado em Porto Real do Colégio é recuperado em Propriá/SE