Operação conjunta das polícias de Sergipe e Alagoas desarticula quadrilha de assaltantes de banco

Foto ilustrativa | Arquivo/SSPAs polícias de Sergipe e Alagoas desarticularam na madrugada deste domingo (21) uma quadrilha de assaltantes de banco responsável por ações nos dois Estados. A polícia se antecipou a mais um roubo que seria realizado pelo grupo, cuja ação de ontem se preparava para explodir o cofre do Banco do Nordeste, em Gararu, cidade ribeirinha localizada a 156 quilômetros de Aracaju, já na divisa com Alagoas.

Na ação simultânea  das polícias, nas cidades de Traipu (AL) e Porto da Folha (SE), três assaltantes foram presos e outros quatro, que estavam escondidos em uma chácara em Porto da Folha, receberam a polícia sergipana com tiros de fuzil e pistola. No confronto, que durou cerca de 25 minutos, acabaram morrendo.
Os policiais apreenderam um fuzil 762, duas pistolas 380 milímetros, três revólveres calibre 38, roubados de empresas de segurança privada de SE e AL; e rádios comunicadores. As investigações começaram por conta de ações contra caixas eletrônicos nas cidades de Brejo Grande e Boquim. 

Nesta última cidade, a Secretaria da Segurança Pública de Sergipe (SSP) registrou a única explosão de cashs na história do Estado. No mesmo dia da ação em Brejo Grande, a polícia interveio e conseguiu evitar o mesmo crime em Gararu, cidade onde o grupo agiria na noite deste sábado (20). 
Por conta das investigações, as equipes policiais montaram barreiras nos dois Estados, em Traipu e Gararu já na noite deste sábado. Percebendo a ação da polícia, os bandidos se recolheram em suas bases de apoio, mas foram localizados pelos policias. Em Alagoas, na perseguição feita pelos policiais alagoanos, o carro usado pelos criminosos encapotou e eles foram presos. Os demais entraram em confronto com a polícia na cidade de Porto da Folha e morreram.  A ação conjunta entre as polícias de Alagoas e Sergipe contou com equipes do Complexo de Operações Especiais (Cope), Divisão de Inteligência e Planejamento Policial (Dipol), Comando de Operações Especiais (COE) da Polícia Militar, todas unidades especializadas de Sergipe. Em Alagoas unidades especializadas como a Divisão Especial de Investigações e Capturas (Deic), por meio da Serb (Seção Especial de Roubos a Banco), também agiram.Uma coletiva à imprensa acontecerá nesta segunda-feira, na Academia da Polícia Civil, em Aracaju, com horário a ser definido pelas polícias de Alagoas e Sergipe. 


Fonte:SSP/SE

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

ORIGEM DE PROPRIÁ - SE

Caminhão furtado em Porto Real do Colégio é recuperado em Propriá/SE