Professores promovem Caminhada da Indignação


Mobilização marca 30º dia da greve da categoria
Por Monique Garcez e Janaina de Oliveira
Caminhada da Indignação marcou 30º dia de greve (Fotos: Portal Infonet)
Com cartazes, mini-trios, um boneco fazendo alusão ao governador e outro a um dragão, utilizado também durante manifestação durante o Pré-caju deste ano, professores saíram pelas ruas na tarde desta quarta-feira, 16, na ‘Caminhada da Indignação’, que marca o 30º dia de greve da categoria.
De acordo com o diretor de comunicação do Sindicato dos Trabalhadores em Educação no Estado de Sergipe (Sintese), Joel Almeida, a mobilização tem o intuito de mostrar para a sociedade o descaso do governo para com os servidores. “Além de só termos a oportunidade de participar de uma audiência com Marcelo Déda, o governo nem sequer estudou a possibilidade de aumentar o nosso salário”, relatou.

Joel ainda aproveitou a oportunidade para destacar que, em nenhum ano de mobilização da categoria, o governo concedeu algo de bom grado aos professores. “Isso só demonstra o descaso com a categoria. Sempre fizemos nossa luta independente de quem estivesse no poder, e vamos continuar firmes na luta”, declarou o diretor de comunicação, que ainda afirmou que a realidade só está demonstrando que Déda não tem atitudes diferentes dos demais.
Um dos destaques da caminhada
Para a presidente do Sintese, Ângela Melo, a caminhada serve não só para conscientizar a sociedade, como também para sensibilizar o governo para que ele compreenda que o piso é lei e deve ser para todos. Ela ainda disse que o sindicato recebeu hoje uma notificação informando que a greve foi considerada ilegal, e que apesar de tudo, a categoria não vai voltar às salas de aula e continuará com as mobilizações.
“O governador tem que se adequar a lei, e não nós nos adequarmos a situação do Estado. Além disso, todo ano é a mesma história de falta de recursos e da lei de responsabilidade fiscal, mas nós entendemos que esse mesmo preceito traz mecanismos de superação”, afirmou Ângela.
Continuação
Ângela Melo, presidente do Sintese
As mobilizações dos professores estaduais continuarão no decorrer das semanas, e para definir as próximas ações, a categoria vai se reunir nesta quinta-feira, 17, às 15h, no Instituto Histórico e Geográfico de Sergipe.


Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Veja a relação de aprovados no Exame da Ordem em Sergipe

Caminhão furtado em Porto Real do Colégio é recuperado em Propriá/SE

ORIGEM DE PROPRIÁ - SE