Adolescentes desaparecidas são encontradas mortas em Coruripe


Divulgação
Tudo indica que garotas foram executadas com disparos de arma de fogo
O caso do desaparecimento das amigas Eduarda dos Santos, conhecida como “Pêu”, e de Cinthia da Silva Santos, ambas de 15 anos de idade, teve um trágico desfecho na manhã desta quarta-feira, 16 de maio. Os corpos das garotas que desapareceram de Coruripe na tarde da última segunda-feira, 14, foram encontrados em uma mata do Povoado Poxim, mesmo local em que as irmãs Cícera Beatriz e Samara dos Santos foram encontradas mortas em março do ano passado.

As primeiras informações sobre o achados dos corpos dão conta de que as adolescentes foram executadas a tiros. Peritos do Instituto de Criminalística foram acionados e estiveram no local para realizar os primeiros levantamentos nos corpos das vítimas que serão periciados e em seguida conduzidos por uma equipe do Instituto Médico Legal para a sede do órgão, em Arapiraca, local em que deverão ser submetidos à necropsia e posteriormente liberados para sepultamento.
A Polícia Civil lotada na Delegacia de Coruripe contou que ainda é cedo para prestar qualquer informação concreta sobre o caso, mas que já tem uma linha de investigação sobre o caso, inclusive com uma lista com nomes de suspeitos pelo crime. “Temos fortes indícios de quem raptou as adolescentes e cometeu o crime, mas não posso dizer nada agora para não atrapalhar nas investigações”, declarou o chefe de operações da Delegacia de Coruripe, Ítalo Bianchy.
As adolescentes residiam no Povoado Areias, localizado na zona rural do município de Coruripe, e tinham saído de casa na tarde da última segunda-feira, 14 de maio, para irem ao centro da cidade. Na última vez em que foram vistas, as meninas estavam entrando em um veículo Punto de cor prata e placa não anotada. O motorista do carro também não foi identificado.
por Redação/Aquiacontece

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Veja a relação de aprovados no Exame da Ordem em Sergipe

Caminhão furtado em Porto Real do Colégio é recuperado em Propriá/SE

ORIGEM DE PROPRIÁ - SE