Pelo menos dez pessoas morrem no maior festival religioso do mundo, na Índia


Renata Giraldi*
Repórter da Agência Brasil

Brasília – Pelo menos pessoas morreram hoje (10), em Allahabad, no Norte da Índia, durante o considerado o maior festival religioso do mundo, o Kumbh Mela – que representa o ritual para "lavar" os seus pecados. As mortes foram causadas por um tumulto quando uma multidão se concentrou em uma estação de trem. O incidente ocorreu quando uma passarela na estação de Allahabad desmoronou. Dezenas ficaram feridos e há relatos que o número de mortos seria muito mais alto.
O cálculo é que cerca de 30 milhões de peregrinos hindus tomarão banho na área até o final da noite No local está o encontro entre os rios Ganges e Jamuna. Oficiais tentam controlar a multidão e garantir a segurança.
Milhões de pessoas nuas tomaram o banho antes do amanhecer. A cidade, que tem cerca de 1,2 milhão de moradores. Aproximadamente 30 mil voluntários e 7 mil policiais trabalharam na organização e segurança do festival, pedindo rapidez aos participantes durante a prática do ritual para garantir que todos conseguissem participar.
O festival Kumbh Mela, que começou no mês passado e termina em março. O festival ocorre a cada 12 anos, em Allahad.
*Com informações da BBC Brasil 

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Veja a relação de aprovados no Exame da Ordem em Sergipe

ORIGEM DE PROPRIÁ - SE

Caminhão furtado em Porto Real do Colégio é recuperado em Propriá/SE