POLICIA MILITAR DIVULGA O BALANÇO GERAL DAS OCORRÊNCIAS NO PRÉ-CAJU 2013


A Polícia Militar, através do Comando do Policiamento Militar da Capital (CPMC), divulgou na manhã desta segunda-feira, 21, o balanço geral de ocorrências registradas nas quatro noites de Pré-Caju. Foram 173 casos (prisões ou apreensões) computados pela PM no decorrer da festa), envolvendo principalmente vias de fato e apreensões de armas brancas.
Até esta madrugada, nenhum caso mais grave de crime contra a vida ocorreu. Não houve qualquer óbito no local do evento ou em decorrência de atos dentro ou próximo ao circuito da prévia carnavalesca.

Na quinta-feira, 17, foram anotadas 46 ocorrências, predominando as situações de vias de fato, totalizando 23 registros desta natureza. Além disso, foram oficializadas 11 apreensões de arma branca e três prisões em flagrante por uso indevido de entorpecentes.

Na sexta-feira, 18, foram verificadas 50 ocorrências na prévia, tendo como destaque 15 registros de vias de fato, uma prisão por tráfico de entorpecentes, quatro apreensões pela posse de arma branca e três prisões por roubo.

Na terceira noite da festa, sábado, foram 61 ocorrências, tendo como maior parcela os 25 registros de vias de fato, seguidos das 11 apreensões de arma branca, seis prisões por uso ilegal de entorpecentes e um porte ilegal de arma de fogo na área periférica [externa] do evento.

Já no domingo, 21, data mais tranquila do evento, foram registradas 16 ocorrências, tendo como destaque quatro registros de vias de fato e duas de posse de arma branca.

Para o coronel Maurício da Cunha Iunes, comandante geral da PMSE, o resultado satisfatório teve como base o trabalho realizado em equipe. “Realizamos um excelente trabalho, como um nível de profissionalismo excepcional, desde o comandante geral ao soldado mais moderno. O empenho foi da Polícia Militar como um todo. Tivemos policiais com restrições médicas que se apresentaram para o serviço; outros que não estavam escalados para as quatro noites mas se voluntariaram; e ainda policiais que estão à disposição de outros órgãos e se apresentaram para trabalhar no evento. Isso demonstra o respeito que a Polícia Militar tem com a sociedade. Então, cada policial militar merece parabéns e sucesso”, destacou.

Segundo o coronel Jackson Nascimento, comandante do Comando do Policiamento Militar da Capital (CPMC), o trabalho da PM atingiu o nível esperado e surpreendeu em dois aspectos. “Chamou a atenção o reduzido número de policiais militares que faltaram ao serviço, bem como a pequena quantidade de ocorrências na noite de sábado. Creio que a Polícia Militar encontrou o caminho que a sociedade tanto esperava, ou seja, o comprometimento de cada soldado que atuou no evento. O policiamento deu certo porque cada policial militar cumpriu sua missão”, pontuou.

De acordo com os organizadores do Pré-Caju, o evento apresentou o menor índice de violência de todos os tempos. “A Polícia Militar deu um exemplo para todo o Brasil no âmbito de organização e profissionalismo. A todos que atuaram na festa, nosso muito obrigado. Uma andorinha só não faz verão, ninguém sozinho faz nada na vida. Então sabemos que o resultado positivo no policiamento preventivo foi fruto do trabalho de cada policial militar”, mencionou Fabiano Oliveira, um dos organizadores da prévia carnavalesca.

Ascom PM/SE

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Aluna de 13 anos é filmada fazendo sexo em escola de São Paulo

Veja a relação de aprovados no Exame da Ordem em Sergipe

Sérgio Menezes Lucas faz aniversário