Funcionário desvia R$ 200mil de banco e simula sequestro

O funcionário do Banese foi preso pelo Cope

Falso sequestro terminou em prisão de funcionário do Banese (Foto: Arquivo Portal Infonet)
A Polícia Civil apresenta às 8 horas da manhã desta quarta-feira, 30, na sede do Complexo de Operações Policiais Especiais (Cope), os detalhes de uma investigação que desvendou uma trama de falso sequestro, que foi utilizada por um funcionário do Banco do Estado de Sergipe (Banese) para justificar uma série de atos ilegais praticados por ele dentro da agência do Banese de Porto da Folha.
O esquema foi descoberto no início da noite desta segunda-feira, 28, e o servidor identificado acabou autuado em flagrante pelo crime de peculato (crime cometido por funcionário público) e falsa comunicação de crime à polícia.
Crime
A equipe do Portal Infonet esteve na cidade de Porto da Folha na última segunda-feira,28, e falou com a polícia sobre o fato. As primeiras informações davam conta de quem bandidos teriam invadido a agência bancária e levado o funcionário como refém. As informações desencontradas foram checadas pelos policiais do Complexo de Operações Policiais (Cope) que descobriram o esquema que levou ao golpe.
Com informações da SSP/SE

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Aluna de 13 anos é filmada fazendo sexo em escola de São Paulo

Veja a relação de aprovados no Exame da Ordem em Sergipe

Caminhão furtado em Porto Real do Colégio é recuperado em Propriá/SE