Canhoba: prefeita decreta estado de emergência


Prefeita diz que não teve acesso a chaves de órgãos públicos
Canhoba: estado de emergência (Foto: Arquivo Infonet)
A prefeita Elinalda Pereira Santos – a Naldinha da Farmácia (PR), de Canhoba, decretou estado de emergência com o objetivo de encontrar soluções rápidas para os problemas que enfrenta no município. A prefeita garante que, até para ter acesso aos prédios públicos, foi obrigada a serrar os cadeados porque o ex-prefeito Regis Andrade (PSD) não teria entregue sequer as chaves dos imóveis.

Ela revela que encontrou a cidade tomada por uma expressiva quantidade de lixo e muitos povoados sem abastecimento de água. “Já conseguimos tirar cerca de três caminhões de lixo e a cidade já está com outra aparência, assim como também já fizemos acertos com a Deso para colocar carros pipa”, diz a prefeita.

Ela informa que o ex-prefeito adotou métodos para inviabilizar a nova administração. “Encontramos a prefeitura praticamente sem servidores porque o prefeito deu férias e licença à grande maioria dos servidores só para nos prejudicar”, diz. “Mas já estamos convocando educadamente cada servidor para a gente fazer a máquina funcionar”.

A prefeita informa que as dos veículos foram as únicas chaves que ela teria recebido dos ex-gestores. “E, mesmo assim, com um recado: ‘se quiser venha buscar’”, lembra. Ao ter acesso aos veículos, a prefeita garante que os encontrou completamente danificados. “Os únicos que não estavam quebrados foram um trator e a retroescavadeira”, diz. Os demais, conforme afirmou, apresentaram problemas, inclusive a Dublô que serve para transportar pacientes especiais para receber tratamento em Aracaju. “Pegamos um mecânico aqui às pressas e conseguimos consertar o carro para regularizar o transporte destes pacientes”.

Um grande número de servidores está sem receber salários do mês de dezembro, o cofre do município permanece trancado porque os gestores ainda não encontraram as chaves e os arquivos dos computadores foram deletados, segundo a prefeita. A real situação do município, portanto, ainda é uma incógnita, segundo a prefeita. Naldinha da Farmácia informa que está realizando um levantamento completo na prefeitura e promete adoção de providências jurídicas para não ser responsabilizada por erros da administração passada.

Portal Infonet tentou ouvir o ex-prefeito Regis Andrade, mas não conseguiu êxito. O Portal permanece à disposição do ex-prefeito. As informações podem ser encaminhadas por e-mail: jornalismo@infonet.com.br.

Por Cássia Santana

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

ORIGEM DE PROPRIÁ - SE

Caminhão furtado em Porto Real do Colégio é recuperado em Propriá/SE