O legado de Ayres Britto

Por Paulo Márcio

Min. Ayres Britto
A aposentadoria compulsória do Presidente do Supremo Tribunal Federal, ministro Carlos Ayres Britto, por ocasião dos seus 70 anos de idade, completados neste 18 de novembro, deixa, em muitos de nós, uma sensação de lacuna, de vazio, de falta de referencial. Parte disso decorre de sua personalidade – na qual valores como honradez, hombridade, carisma, desapego, coragem, desassombro, sensibilidade, humanidade, dentre outras, despontam de tal forma e mostram-se tão insofismavelmente genuínos que acabam por se confundir com o próprio indivíduo, de maneira que ele, o sujeito afável, cordial e ao mesmo tempo objetivo e pragmático, e essa gama de vetores que lhe adornam o caráter, passam a ser vistos de uma maneira uma, indivisa, holística, indissociável.

Fonte: Universo Politico

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Veja a relação de aprovados no Exame da Ordem em Sergipe

Caminhão furtado em Porto Real do Colégio é recuperado em Propriá/SE

ORIGEM DE PROPRIÁ - SE