Marcelo Déda retoma atividades administrativasEle já fez despaches com o vice-governador e os secretários

Ele já fez despaches com o vice-governador e os secretários

Mesmo enfrentando limitações governador manterá agenda de trabalho (Fotos: ASN)
Fé na vida, esperança e a vontade de continuar oferecendo sua contribuição ao povo sergipano. Essa foi a motivação que fez o governador Marcelo Déda retomar às atividades administrativas na manhã desta terça-feira, 20, quando cumpriu uma agenda de compromissos das 9h às 13h, no Palácio de Veraneio, ao lado do vice-governador, Jackson Barreto.
O governador despachou com os secretários de Estado da Fazenda, João Andrade; do Planejamento, Orçamento e Gestão, José de Oliveira Júnior; de Infraestrutura, Valmor Barbosa; com o secretário de Saúde, Silvio Santos, além de receber ainda o conselheiro do Tribunal de Contas, Ulices Andrade, e os deputados Gustinho Ribeiro (líder do Governo na Assembleia Legislativa), Jefferson Andrade, Arnaldo Bispo e José Guimarães.
“Sabendo da minha presença aqui, o conselheiro Ulices Andrade veio fazer uma visita a mim e a Jackson Barreto, desejando-me saúde e recuperação plena”, disse o governador a respeito da visita do conselheiro.
Agenda de Trabalho
Na agenda com o vice-governador e secretários, além de temas relativos à administração estadual com decisões de governo e de gestão, Déda recebeu um relatório das ações empreendidas durante o exercício do governo por Jackson Barreto.
“O vice-governador me relatou os procedimentos relativos às tratativas para viabilizar a aprovação da operação do Proinveste, a agenda de inaugurações que executaremos ao longo deste mês e do próximo, onde, em combinação com Jackson Barreto, participarei dos atos realizados em municípios mais próximos, e nas outras localidades o vice-governador participará”, informou Marcelo Déda.
Condições de Saúde
O governador contextualizou essa sua iniciativa de retomar as atividades ao explicar as características do tratamento de saúde a que está submetido. “Há fases de um, dois ou três dias onde as reações do tratamento estão muito presentes. Mas, os outros dias são normais e eu quero trabalhar. Não ficarei em casa trancado já que tenho condições de trabalhar”, argumentou.
Segundo ele, o limite do trabalho é o limite da sua resistência. “Hoje, por exemplo, trabalhei das 9h às 13h, e descansarei à tarde. A agenda deste período será encaminhada por Jackson e os secretários. Amanhã, estarei aqui trabalhando e já combinamos uma agenda para a próxima quinta-feira”, detalhou o governador, ao explicar a metodologia de trabalho que será executada de agora em diante.
“Nesse momento, é preciso adequar o governo às condições do governador. Então, para que isto ocorra, estamos introduzindo uma série de mudanças objetivando descentralizar algumas decisões de menor porte, que poderão ser tomadas pelos secretários, e garantir ao governador a definição das estratégias de governo, questões prioritárias e decisões centrais”, reforçou Marcelo Déda.
Ainda segundo o governador, a premissa básica é manter a administração funcionando com pleno, total e absoluto entendimento do governador com o vice. “Nos dias em que eu, em função do tratamento quimioterápico, não puder estar aqui, Jackson estará conduzindo. Nos outros dias, estamos os dois trabalhando e, nesse sentido, tomamos decisões importantes hoje com objetivo de introduzir esse sistema de administração onde eu possa continuar dando minha colaboração. Aliás, essa é uma recomendação dos médicos para que eu, respeitando meus limites, horários de alimentação e preservando o bem estar e a saúde, retorne às atividades normais”, acrescentou Marcelo Déda.
Motivação
O governador também manterá atividades mais leves e informais em sua própria residência, onde receberá e, em alguns casos, até despachará com secretários de Estado. “Eu acredito que terei ainda uma grande contribuição a oferecer ao meu Estado, não só no Governo. Vou concluir o meu mandato, cumprindo a tarefa que o povo me entregou, e com a graça de Deus e o apoio da sociedade, teremos condições de realizar aquilo que é o nosso dever. No dia em que os efeitos do tratamento exigirem mais repouso, repousarei, sem abuso. Nos dias em que estiver com mais energia, com plena capacidade de formulação, análise e de dar a direção do governo, eu tenho de estar aqui discutindo com secretários, conversando com o vice e orientando a ação do governo”, frisou Marcelo Déda.
O governador priorizou que, a partir de agora, tudo será realizado com equilíbrio, responsabilidade e buscando fazer com que a recuperação da saúde dialogue, de forma virtuosa, com as atividades à frente do Governo do Estado de Sergipe. “Eu sou um homem que aprendi cedo a trabalhar e a assumir minhas responsabilidades. Hoje, sei que tenho duas grandes responsabilidades. A primeira delas com minha vida, pois sem ela não há trabalho, e não há como ajudar as pessoas, nem realizar tarefas. A segunda com o povo de Sergipe que me confiou o mandato de governador, que cumprirei até o fim, com a graça de Deus”, concluiu Marcelo Déda.
Fonte: ASN

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

ORIGEM DE PROPRIÁ - SE

Caminhão furtado em Porto Real do Colégio é recuperado em Propriá/SE