Gabinete de Eduardo Amorim faz estudo orçamentário dos municípios


O gabinete do senador Eduardo Amorim (PSC-SE) esteve repleto de prefeitos desde o início da semana. Para recepcioná-los a equipe de atendimento do parlamentar concebeu um estudo avançado sobre as emendas destinadas para os 75 municípios, com o objetivo de destrinchar melhor as principais ações e os mais importantes programas do atual governo federal. “Nossos assessores de orçamento preparam um roteiro básico sobre as linhas de patrocínio e financiamento de cada órgão federal e associamos as demandas locais”, disse Eduardo Amorim.

Para o senador, são os gestores que devem apresentar os projetos esperados pela população, pois são eles os executores. “Nós contribuímos para uma melhor distribuição dos recursos públicos nas cidades, além disso, mostramos os caminhos e viabilizamos mecanismos que democratizem o acesso aos programas governamentais”, completou Amorim.

“Tivemos uma semana bastante produtiva e observamos o interesse dos novos prefeitos em conhecerem a realidade do município. A infraestrutura urbana é uma das questões prioritárias dos prefeitos. Ampliamos os debates, nesse sentido, principalmente, sobre o planejamento e a formulação de políticas setoriais e avaliação e controle dos programas nas áreas de desenvolvimento urbano, habilitação, saneamento básico e ambiental, transporte urbano e trânsito”, informou Amorim.

O prefeito eleito de Itabaiana, Valmir dos Santos Costa, "o Valmir de Francisquinho" já apresentou um estudo avançado da situação do seu município. Para ele houve a verificação de necessidades da realização de projetos quanto à infraestrutura urbana, principalmente, quanto às ruas e avenidas da cidade serrana. "Vamos dar continuidade às obras paralisadas, um problema grave em Itabaiana. Além disso, já solicitamos a revitalização da Avenida Luiz Magalhães e das principais Praças, construção de casas populares, equipamentos agrícolas e um Centro de Comercialização de artesanatos", informou Valmir.

"A viabilidade dos projetos é um critério essencial que deve ser observado pelos novos gestores, eles devem cumprir as exigências específicas de cada órgão, tais como, regularidade do município junto à instituição estaduais e federais, no que se refere a obrigações fiscais e providenciarias  além de estar de acordo com a Lei de Responsabilidade Fiscal e a Lei de Orçamento", informou Amorim.

"Já analisamos as necessidades de Capela, observamos as emendas apresentadas anteriormente, que foram esquecidas e vamos recuperá-las. De imediato solicitamos emendas para recuperação de estradas vicinais, pontes, clínicas para tratamento odontológico, quadra de esportes e campo de futebol, equipamentos agrícolas, pavimentações e outros", relatou Ezequiel Ferreira Leite, prefeito eleito de Capela.

Prefeitos em Brasília
Na terça-feira estiveram no gabinete os prefeitos - Ezequiel Ferreira Leite (Capela), José Américo (Propriá), Jeferson Santos de Santana (Maruim), Marival Santana (Simão Dias), Maria Oliveira Lima (São Miguel do Aleixo), Gervasio Celestino de Moura (Siriri), Sylvio Cardoso (Divina Pastora), Valmir dos Santos Costa (Itabaiana). Os vereadores por Itabaiana João Cândido, Moacir Santana o prefeito eleito de Cumbe Marcelo Gomes Moraes enviou o assessor educação, Augusto Fernando Vieira.

Assessoria de Imprensa

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Aluna de 13 anos é filmada fazendo sexo em escola de São Paulo

Veja a relação de aprovados no Exame da Ordem em Sergipe