Pediatras do Stª Isabel denunciam sobrecarga de trabalho


São dois profissionais para atender 110 crianças por dia
Audiência foi realizada na manhã desta sexta-feira, 13 (Fotos: Portal Infonet)
Os pediatras da Urgência Pediátrica do Hospital Santa Isabel procuraram o Ministério Público Estadual (MPE) para reclamar dos problemas de superlotação, o que acarreta em sobrecarga de trabalho e da falta de segurança. São dois profissionais atendendo em média 110 pacientes por dia. Enquanto isso, a urgência pediátrica da Unidade de Pronto Atendimento (UPA) Nestor Piva continua fechada, estando funcionando apenas a da UPA Fernando Franco e do Hospital de Urgência de Sergipe (Huse). O problema foi discutido em audiência na manhã desta sexta-feira, 13. Categoria cobra a reabertura do Nestor Piva.

Na ocasião, o coordenador do Setor de Pediatria do Hospital Santa Isabel, Dr. Renato Amorim informou que atualmente o Hospital Santa Isabel vem atendendo a demanda de baixo risco de maior parte da zona norte de Aracaju e do município de Nossa Senhora do Socorro.
Renato Amorim: "Temos vários problemas peculiares para cada turno"
“Atualmente nós estamos com dois pediatras para atender a uma demanda de 110 pacientes por dia, divididos mais ou menos assim: 40 pela manhã, 40 à tarde e 30 à noite. Para o profissional que chega durante a manhã é relativamente mais fácil porque ele não pega a rebarba do turno da noite. Mas quando chega a tarde, ele pega resultado de exames que precisam chegar, crianças no soro, crianças esperando raio-x. Então se o problema da tarde não foi resolvido, sobra pra o pessoal da noite e a noite é longa, entra pela madrugada o profissional se esgota muito mais fácil do que o pessoal do dia. Temos vários problemas peculiares para cada turno e todos eles recaem sobre o problema da falta de profissionais em número suficiente para atender essa grande demanda”, destaca.
Ele enfatizou que o Hospital Santa Isabel “não oferece condições de segurança para os médicos, já tendo ocorrido casos de ameaças aos profissionais durante a realização de atividades”.
Huse
Cristiane Barreto: "Huse atende de 250 a 300 crianças por dia"
A coordenadora do Setor de Pediatria do Huse, Drª Cristiano Barreto informou que a unidade de saúde tem uma boa parceria com o Hospital Santa Isabel, mas também está com uma demanda elevada. “Por causa desse período de doenças sazonais, o setor de pediatria do Huse vem atendendo diariamente em torno de 250 a 300 crianças e 60% dos atendimentos que estão sendo feitos, é proveniente do município de Aracaju. Nós não vamos fechar as nossas portas nunca, mas sem o Santa Isabel e sem o Fernando Franco, será o caos”, entende.
Município
A coordenadora da Rede Hospitalar de Urgência e Emergência da Prefeitura de Aracaju, Maria Cecília Mendonça, descartou a possibilidade de reabertura da UPA Zona Norte [Nestor Piva]. “A referência do município de Aracaju para a pediatria é a Unidade de Pronto Atendimento da Zona Norte e do Hospital Santa Isabel. Não existe nesse momento possibilidade de reabrir a pediatria do Nestor Piva em virtude da deficiência no número de pediatras. Vamos discutir com a secretária de saúde, as formas de implementação de serviços ao Santa Isabel”, afirma acrescentando que no Fernando Franco são três pediatras para atender uma média de 90 crianças por dia.
Cecília Mendonça: "Nossa referência é o Fernando Franco e o Santa Isabel"
O promotor Fábio Viegas determinou o envio de e-mail contendo a relação das unidades básicas de saúde do município de Aracaju que contam com médico pediatra e a realização de uma reunião entre a secretária municipal de Saúde, Stella Maris e a diretoria do Hospital Santa Isabel com a finalidade de discutir formas de suprir a demanda existente. Uma nova audiência foi marcada para o dia 23 de julho.
Por Aldaci de Souza

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

ORIGEM DE PROPRIÁ - SE

Caminhão furtado em Porto Real do Colégio é recuperado em Propriá/SE