PC apreende drogas com acusado de homicídio em Propriá


A Delegacia Regional da Polícia Civil em Propriá prendeu nesta quinta-feira, dia 25, o provável autor da morte de um homem ocorrida no município no último sábado, dia 20. No momento de sua prisão, o acusado Hilton Rodrigues dos Santos, o 'Nego Quinho', 31 anos, foi flagrado com uma arma de fogo e uma carga de maconha, crack e cocaína.
As investigações foram conduzidas pelos delegados Fábio Santana e Hilton Duarte. "Descobrimos que o Nego Quinho teria sido autor do homicídio, ocorrido na madrugada do sábado, de Sandro Santos Silva, o Galego, 30, que era usuário de drogas e lhe devia dinheiro", resumiu Santana.
Ainda de acordo com o delegado Fábio Santana, sua equipe foi presa fez levantamentos para chegar à informação de que Nego Quinho era um dos maiores traficantes da cidade e que o homicídio teria mesmo como causa o tráfico de drogas na região conhecida por Remanso, em Propriá.
"A partir dessas informações, fizemos campanas no provável endereço do acusado e, na manhã de hoje, nós o prendemos. Encontramos em seu poder uma pistola e 28 munições de calibre 765, além de 1,5 quilos de maconha, entre papelotes e tabletes prensados, 200 gramas de crack e 100 gramas de cocaína", acrescentou o delegado.
Segundo o delegado Hilton Duarte Nego Quinho responde a diversos processos em Aracaju, Socorro e Propriá por tráfico de Drogas e homicídio, e é considerado o terror da cidade de Propriá. "Com esta prisão, a Delegacia Regional de Propriá contabilizou seis prisões em apenas quatro dias", informou.

por SSP-SE

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Veja a relação de aprovados no Exame da Ordem em Sergipe

Caminhão furtado em Porto Real do Colégio é recuperado em Propriá/SE

ORIGEM DE PROPRIÁ - SE