PF prende acusados de adulterar idade para jogar futebol no exterior


Salvador/BA – A Polícia Federal prendeu, na tarde da ultima quinta-feira (30/01), um rapaz, ao ser flagrado tentando obter passaporte utilizando documentos de identidade falsos.
O homem, de 19 anos, que pretendia viajar para Portugal para se apresentar a um clube de futebol, foi preso em flagrante. Durante interrogatório, confessou que, utilizou os documentos para reduzir formalmente a sua idade e passou a atuar nas divisões de base em clubes de futebol brasileiro; prática conhecida como “gato”.
Os documentos foram comprados por R$ 1mil,  de um homem que atuava na preparação de jogadores de futebol para as divisões de base de clubes do Brasil, também preso.
Este foi o segundo caso de prisão em flagrante no ano de 2013 em razão de uso de documento falso para a obtenção de passaporte.
Os investigados responderão por uso de documento público ideologicamente falso cuja pena é de até cinco anos de reclusão.
A Polícia Federal esclarece que os crescentes investimentos em tecnologia no serviço de emissão de passaporte têm impedido a obtenção fraudulenta de documentos de viagem através do uso de identidades e registros civis falsificados.
Comunicação Social da Polícia Federal na Bahia

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Aluna de 13 anos é filmada fazendo sexo em escola de São Paulo

Veja a relação de aprovados no Exame da Ordem em Sergipe

Caminhão furtado em Porto Real do Colégio é recuperado em Propriá/SE