São Francisco de Sales (Bispo e doutor)

São Francisco de Sales
São Francisco é o padroeiro dos jornalistas, porque passou a vida inteira escrevendo. Seus escritos, especialmente o Tratado do amor de Deus e Introdução à vida devota exerceram e continuam a exercer grande influência. São Francisco de Sales nasceu em 1567, no Castelo de Sales, em Thorens, Sabóia. Aos trinta e dois anos tornou-se bispo auxiliar, e dois anos mais tarde era o bispo titular de Genebra, tendo sido um dos grandes mestres de espiritualidade dos últimos séculos. Escreveu a "Introdução à Vida Devota" (Filotéia) e outras obras ascético-místicas, nas quais propõe uma vida de santidade acessível a todas as condições sociais, fundadas inteiramente no amor a Deus, síntese de toda perfeição (Teótimo). Tinha um coração extraordinariamente bondoso e manso, e sua influência moral e religiosa foi marcante no seu tempo, conturbado por perseguições e intrigas entre católicos e protestantes. Foi o diretor espiritual de São Vicente de Paulo e de Santa Francisca Fremyot de Chantal, a ordem de visitação, a qual foi seu fundador. Afirmou certa vez: "Vocês querem que eu perca num quarto de hora aquele pouco de mansidão que adquiri em vinte anos de luta?" Com sua sabedoria pastoral e doçura soube atrair para a Igreja muitos calvinistas. Morreu em Lião (França), em 28 de dezembro de 1622, e foi sepultado no dia 24 de janeiro de 1623 em Annecy, onde tinha passado a maior parte da sua vida. Foi canonizado em 1655.

 (Fontes: Os Santos de Cada Dia, José Benedito Alves, Paulinas, e Missal Romano, Paulinas e Vozes, 1992) Oração Prece da conversão pelo Espírito Deus, nosso Pai, São Francisco de Sales testemunhou com a sua vida que sois um Deus de ternura e de misericórdia. Realizastes nele coisas maravilhosas, corrigindo as arestas de seu temperamento irascivo. Por sua intercessão, nós vos pedimos: enviai sobre nós o vosso Espírito Santo. Que ele nos ensine a ternura, a misericórdia e nos chame à reconciliação e à comunhão convosco e com nossos irmãos. Que o seu fogo de amor arranque nossas máscaras e faça cair por terra nossos planos egoístas, obrigando-nos a sair de nossas fortalezas interiores, de nossas falsas seguranças. Que as cadeias de nossos egoísmos e indiferenças sejam rompidas; vosso amor impere em nossos corações e nos torne amáveis com todas as pessoas, especialmente aquelas que convivem dia a dia conosco.

Fonte: Redevida

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Veja a relação de aprovados no Exame da Ordem em Sergipe

ORIGEM DE PROPRIÁ - SE

Caminhão furtado em Porto Real do Colégio é recuperado em Propriá/SE