ÁGUA PARA TODOS INSTALA 2.135 CISTERNAS


A Companhia de Desenvolvimento dos Vales do São Francisco e do Parnaíba (Codevasf) já entregou 2.135 cisternas para consumo humano em Sergipe. Quase 70% delas foram instaladas nos municípios de Canindé do São Francisco, Porto da Folha e Poço Redondo, que estão entre os mais atingidos pela estiagem que assola o semiárido. Mais de 200 comunidades em 18 dos 28 municípios sergipanos que compõem a área de atuação da Codevasf foram beneficiadas com cisternas no primeiro ano do programa. 

Em 2012, a Codevasf aplicou R$ 8,8 milhões na execução do programa no estado. Os recursos foram utilizados no transporte e instalação de cisternas, fornecimento de bombas d’agua e supervisão técnica do programa. O Água para Todos, que integra o Plano Brasil Sem Miséria, tem como objetivo levar água para famílias inseridas no Cadastro Único do Bolsa Família (CadÚnico)  e residentes em áreas rurais, em um processo que envolve a participação das próprias comunidades.

O superintendente da Codevasf em Sergipe, Paulo Viana, avalia positivamente os resultados do primeiro ano do programa. “O Água para Todos, aliado a outras atividades desenvolvidas pela Codevasf, tem contribuído para o fortalecimento da nossa economia rural. Um exemplo disso são os resultados obtidos na atual safra de arroz dos perímetros irrigados, que tiveram um novo recorde de produtividade e fizeram Sergipe ter um aumento de 40% na produção de arroz em um ano”, declara Paulo Viana.

Seis escolas que não tinham acesso a água potável também foram atendidas pelo programa e contempladas com a instalação de cisternas de consumo. Em 2013, será iniciada a distribuição de 150 kits de irrigação adquiridos pela Codevasf, que serão destinadas ao desenvolvimento de atividades produtivas. Também serão construídos 150 barreiros (pequenas barragens), que captarão água da chuva para dessedentação animal. A construção dos barreiros se encontra atualmente em fase de licitação.

Como a seleção das áreas e famílias beneficiadas é realizada em conjunto com a sociedade civil, foram necessárias a formação e a capacitação de 19 comitês gestores municipais e 50 comissões comunitárias. Após serem capacitadas para o uso e manutenção correta dos reservatórios de polietileno, 2.420 famílias tiveram seu cadastro validado e se tornaram aptas a receber as cisternas. Também receberam treinamento 187 membros de comitês municipais.

Ascom Codevasf

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

ORIGEM DE PROPRIÁ - SE

Caminhão furtado em Porto Real do Colégio é recuperado em Propriá/SE