Com atraso de salários, prefeito de Colégio pede “paciência” aos servidores


Prefeito assumiu os destinos da cidade há pouco
mais de um mês Arquivo - aquiacontece.com.br
Nesta quinta-feira (22), após denúncias de que a prefeitura de Porto Real do Colégio estaria com salários em atraso, o prefeito da cidade concedeu entrevista ao Programa Lance Livre da Rádio Penedo FM (97,3 Mhz e www.penedofm.com.br). Em pouco mais de 30 minutos, José Belarmino (PRB), explicou a real situação da prefeitura.
As denúncias realizadas pelos servidores do munícipio davam conta que a prefeitura de Porto Real do Colégio estaria com duas folhas em atraso. Bem como, era realizado um sorteio para definir qual categoria receberia primeiro, quando entrasse dinheiro em caixa. De acordo com o prefeito José Belarmino (PRB), sua gestão teria recebido uma herança não muito boa. Em que a ex-prefeita cassada, Rita Bomfim (PSD), teria deixado muitos débitos para ele assumir. Dentre eles, estariam empréstimos consignados, parcelamentos em atraso com a Eletrobras Distribuição Alagoas. O recolhimento do INSS dos servidores e não repasse, dentre outros.
Ainda em sua entrevista, o prefeito listou todos os débitos e ainda afirmou que o Ministério Público Estadual (MPE), está ciente da situação que as contas da prefeitura de Porto Real do Colégio se encontram.

Novos gestores também vão herdar dívida

Belarmino afirmou que a sua herança foi um grande abacaxi para descascar. “Quando assumi no dia 10 de outubro deste ano encontrei duas folhas dos transportes em atraso. Também encontrei servidores públicos no SPC. A gestão passada recolhia os empréstimos consignados e não repassava aos bancos. Na agência do Banco do Brasil de Propriá/SE, tive que negociar R$ 60 mil. Na Caixa Econômica Federal o débito era de R$ 140 mil”, contou.
Ex-prefeita Rita Bonfim teria deixado débitos p
ara o sucessor
 
“Devido a esses débitos, o Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS) foi bloqueado. Tive que negociar. Paguei R$ 58 mil e dividi o restante. Vou pagar mais duas parcelas de R$ 30 mil e ainda vão ficar mais duas para o próximo gestor. Também houve o bloqueio do Fundo de Participação dos Municípios (FPM), depois consegui o desbloqueio. Então, só peguei problemas desde o dia 10 de outubro”, destacou.

Funcionando a óleo diesel 

Em seu desabafo, o prefeito que assumiu os destinos da cidade há pouco mais de um mês, ainda expôs mais débitos. Segundo ele, a prefeitura da cidade funciona graças a um gerador alugado. “Quando assumi, a prefeitura funcionava em uma casa alugada. Hoje, já se encontra em seu prédio. Porém, a energia é suprida por um gerador. O débito da cidade com a Eletrobras Distribuição Alagoas é de R$ 410. 257, 41. Tudo isso, por que a ex-prefeita Rita Bomfim (PSB), descumpriu o acordo com distribuidora”, frisou.

Serviços essenciais são priorizados

Por fim, José Belarmino (PRB), alegou que algumas áreas são priorizados no momento do pagamento. A exemplo da Educação e Saúde. E quando entra dinheiro, paga o restante. Quanto ao pagamento dos comissionados, ele confessou que estão suspensos por falta de dinheiro. “Peço paciência aos servidores públicos de nossa cidade, sei que todos são pais de família e precisam pagar as suas contas no final do mês”, desculpou o prefeito de Porto Real do Colégio.

Fonte: aquiacontece.com.br

Comentários

Anônimo disse…
Á população de colégio tem O Governo que merece..O EXCELENTÍSSIMO SR PREFEITO,INFORMA QUE O DINHEIRO QUE ENTROU NO ULTIMO DIA 30 É MUITO POUCO E Ñ DARÁ PARA PAGAR OS FUNCIONÁRIOS E QUE Ñ TEM PREVISÃO DE QUANDO IRÁ PAGAR.GENTE CADÊ AS VERBAS FEDERAIS? A EDUCAÇÃO TEM VERBA PRÓPRIA,OS MUNICÍPIOS SÓ FAZEM REPASSAR O QUE O GOVERNO FEDERAL MANDA. CADÊ O SINDICATO?AH !ESQUECI ,MORREU.
Anônimo disse…
Á população de colégio tem O Governo que merece..O EXCELENTÍSSIMO SR PREFEITO,INFORMA QUE O DINHEIRO QUE ENTROU NO ULTIMO DIA 30 É MUITO POUCO E Ñ DARÁ PARA PAGAR OS FUNCIONÁRIOS E QUE Ñ TEM PREVISÃO DE QUANDO IRÁ PAGAR.GENTE CADÊ AS VERBAS FEDERAIS? A EDUCAÇÃO TEM VERBA PRÓPRIA,OS MUNICÍPIOS SÓ FAZEM REPASSAR O QUE O GOVERNO FEDERAL MANDA. CADÊ O SINDICATO?AH !ESQUECI ,MORREU.
Anônimo disse…
O EXCELENTÍSSIMO SR PREFEITO,INFORMA QUE O DINHEIRO QUE ENTROU NO ULTIMO DIA 30 É MUITO POUCO E Ñ DARÁ PARA PAGAR OS FUNCIONÁRIOS E QUE Ñ TEM PREVISÃO DE QUANDO IRÁ PAGAR.GENTE CADÊ AS VERBAS FEDERAIS? A EDUCAÇÃO TEM VERBA PRÓPRIA,OS MUNICÍPIOS SÓ FAZEM REPASSAR O QUE O GOVERNO FEDERAL MANDA. CADÊ O SINDICATO?AH !ESQUECI ,MORREU.

Postagens mais visitadas deste blog

Veja a relação de aprovados no Exame da Ordem em Sergipe

ORIGEM DE PROPRIÁ - SE

Caminhão furtado em Porto Real do Colégio é recuperado em Propriá/SE