América arranca empate com Boca Júnior no final e mantem vantagem

Com outro resultado igual na partida da volta, time de Propriá comemora volta à elite do futebol sergipano. Gols de Alan Dinamite e Rael

Por João Áquila Estância, SE
 
Pouco mais de 70 pessoas pagaram para assistir Boca Júnior e América-SE, no Estádio Francão. Não foi uma partida vistosa. As equipes pecaram na troca de passe, na marcação e pouco chegaram ao gol. Nem parecia uma semifinal da segunda divisão do Campeonato Sergipano. No final, um empate em 1 a 1 que colocou o time de Propriá com uma mão na final e na elite. Gols de Rael, para o Boca Júnior, e Alan Dinamite, cobrando pênalti para os visitantes. Os dois clubes voltam a se enfrentar no próximo sábado, no Estádio Durval Feitosa.
 
Tempo de Boca Júnior

Os donos da casa entraram em campo mais atentos. Comandados por Thales e Rael, e com boa ajuda da defesa do América, o Boca Júnior, mesmo que sem eficiência, alugou o ataque rival.
Boca Júnior 1x1 América-SE (Foto: João Áquila/GLOBOESPORTE.COM)   Boca Júnior e América empataram em 1 a 1 (Foto: João Áquila/GLOBOESPORTE.COM)
 
Logo no início, o goleiro menos vazado do campeonato mostrou que não estava inspirado. Com algumas saídas erradas, ele deixou Rael em boa posição para abrir o placar, mas o atacante devolveu o presente e mandou a bola para fora do estádio.

Quando Rudson defendeu como Rudson, seus colegas defensores não o ajudaram. Em um rebote, após grande defesa do arqueiro, Osvaldo mandou no travessão. Detalhe: estava em cima da linha. Mas no segundo rebote, Rael mostrou porque é um dos artilheiros do certame e abriu o placar.
Só após o gol, os americanos entraram no jogo. O time assustou Rodrigo com Rafael Silva, que perdeu dois gols de frente para o goleiro. Na primeira ele chutou muito longe da meta e na segunda, colocou a bola e a melhor chance do empate rente ao travessão.
Boca Júnior 1x1 América-SE (Foto: João Áquila/GLOBOESPORTE.COM)                                                                                          Alan Dinamite empatou para o América-SE
(Foto: João Áquila/GLOBOESPORTE.COM)
 
Tempo de América

O América voltou mais agressivo, ao contrário do Boca Júnior, que usou todas as energias no primeiro tempo e cansou na etapa final. O time de Fernando Dourado passou a assustar pelos lados do campo, seja com os cruzamentos direto na grande área, seja com as viradas de bolas. Nos primeiros dez minutos foram sete escanteios seguidos.
Quando conseguiu trocar passes, o Boca chegou a meta rival no contra-ataque. Alex, invadiu a grande área, caiu e pediu pênalti, mas o árbitro não atendeu e aplicou cartão amarelo para o lateral.
Alan Dinamite e Romarinho entraram e mudaram o placar. Aos 42 minutos, Welvison virou o jogo da sua esquerda para a direita, Romarinho se enrrolou com a bola, mas conseguiu passar por Denys Crey. O zagueiro, por trás, derrubou o jogador e o árbitro deu pênalti.
Dois zagueiros do América deram forças a Alex Dinamite com orações de joelho no gramado. O atacante agradeceu. Ele cobrou no meio, o goleiro foi para sua direita, e empatou o primeiro confronto.
Boca Júnior 1x1 América-SE (Foto: João Áquila/GLOBOESPORTE.COM)Jogadores do América oram e Alan Dinamite empata em cobrança de pênalti
(Foto: João Áquila/GLOBOESPORTE.COM)

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Veja a relação de aprovados no Exame da Ordem em Sergipe

Caminhão furtado em Porto Real do Colégio é recuperado em Propriá/SE

ORIGEM DE PROPRIÁ - SE