Gerente de banco é executado quando chegava em casa


Pedro Mendonça foi morto na porta de casa
O gerente da agência central do Bradesco em Arapiraca, Pedro Mendonça Neto, de 45 anos, foi executado com cinco tiros, na noite desta terça-feira (15), no bairro Eldorado, na maior cidade do interior de Alagoas. O crime foi praticado por dois homens que estavam em uma motocicleta.
Segundo informações do 3º Batalhão da Polícia Militar, era cerca de 19h30, quando Pedro Mendonça chegava em sua residência, localizada na Rua Ana Nery, depois de um dia de trabalho, quando foi surpreendido pelos dois criminosos que estavam numa Honda Biz, de placa não anotada.

O bancário foi atingido por cinco tiros de pistola calibre 380. Familiares e vizinhos ainda colocaram o gerente do Bradesco dentro de um carro particular e socorreram para a Unidade de Emergência do Agreste, mas como ele havia levado tiros na cabeça, os médicos nada puderam fazer para salvá-lo.
Os militares que estiveram no local disseram ao Tudo na Hora, por telefone, que os sinais eram de que houve execução. No entanto, em virtude do grande número de sequestros contra gerentes de bancos que estão sendo registrados em Alagoas, a polícia não descarta a hipótese de Pedro Mendonça ter reagido a uma abordagem de assaltantes.
Na manhã desta terça-feira (15), funcionários da agência em que a vítima era gerente, localizada na Praça Marques da Silva, em Arapiraca, fizeram um protesto contra a forma de trabalho imposta por Pedro Mendonça. Eles paralisaram o trabalho por uma hora, com o apoio do Sindicato dos Bancários, alegando a ocorrência de assédio moral.
O crime começa a ser investigado, nesta quarta-feira (16), pela Polícia Civil
Fonte: Sidney Tenório/Tudo na Hora

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

ORIGEM DE PROPRIÁ - SE

Caminhão furtado em Porto Real do Colégio é recuperado em Propriá/SE