Pai de gestante que estava em ambulância que capotou denuncia negligência


Durante a manhã desta quinta-feira, 23, o senhor Rocaciano dos Santos Silva, conhecido como Zé do Bolo, procurou a Rádio Penedo FM (97,3 Mhz ewww.penedofm.com.br) para fazer sérias denúncias sobre a Santa Casa de Misericórdia de Penedo (SCMP). Sob forma de desabafo o senhor reclamou que o plantonista da unidade hospitalar teria deixado o local de trabalho antes de ser substituído. Ele chamou a atenção pela falta de atendimento médico para gestantes que buscam a SCMP nos finais de semana e não encontram profissionais trabalhando.
De acordo com as informações, sua filha Raiane de Souza Silva, de 18 anos, estava gestante e buscou a Maternidade no final de semana para receber orientação médica sobre sua situação, já que sua gestação era considerada de risco, sendo encaminhada da Santa Casa em uma Ambulância Cidadã para a cidade de Propriá, em Sergipe, onde seria acompanhada por médicos que trabalham em Alagoas, mas estavam no momento cumprindo plantão no município sergipano.
Acidente
O pai da gestante lembrou que a Ambulância Cidadã que levava sua filha e outra gestante capotou quando estava chegando na cidade sergipana. O fato aconteceu depois que o veículo colidiu com um ônibus que transportava fieis para uma festa religiosa no interior de Sergipe. Na ambulância seguiam seis pessoas, sendo uma enfermeira, duas gestantes, duas acompanhantes e o motorista que perdeu o controle da ambulância em uma reta depois que o pneu esquerdo da dianteira estorou.
Negligência
Rocaciano reclamou a falta de atenção dos responsáveis pela Santa Casa de Misericórdia de Penedo para com as vítimas que nem sequer teriam sido procuradas depois que o veículo se envolveu no acidente. “Disseram que só houve ferimentos leves, mas na verdade algumas pessoas quebraram costelas, braços e pernas, não recebendo até hoje a visita de ninguém para saber como está o quadro de saúde delas”, desabafou o senhor.
Atenção às vítimas
Segundo a enfermeira Jackeline Gila Gonçalves, o plantonista do sábado, 18, seria Dr José Epson Valente Costa, tendo o médico ligado para a direção do hospital e avisado que iria atrasar sua chegada porque estava saindo de Aracaju e o trânsito estava congestionado. Ela explicou ainda que as gestantes foram encaminhadas para Propriá já que o diretor médico da SCMP estava de plantão na cidade sergipana e já conhecia o caso das duas, inclusive os riscos da gravidez.
Jackeline salientou ainda que na tarde desta quarta-feira, 22, visitou uma das senhoras que ganhou seu filho em Propriá, ficando agendada uma outra visita a filha do senhor Rocaciano na tarde desta quinta. “Tudo foi feito com a orientação médica e com o devido cuidado no atendimento às gestantes, lamentavelmente aconteceu o acidente com o veículo”, relatou a enfermeira.
Santa Casa irá apurar a falta de plantonista
O diretor da Santa Casa de Misericórdia, Adilson Ramires, explicou que a equipe médica deveria estar no plantão até que fossem substituídos pelos profissionais que os revezariam. “Estaremos nos reunindo com o diretor médico, Adeildo José Ferreira, para adotar as devidas providências junto ao Conselho Regional de Medicina e aos médicos que não estavam de plantão cumprindo suas escalas de trabalho”, declarou o diretor da SCMP.

 por Rafael Medeiros

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Veja a relação de aprovados no Exame da Ordem em Sergipe

ORIGEM DE PROPRIÁ - SE

Caminhão furtado em Porto Real do Colégio é recuperado em Propriá/SE