Garrafões de água apreendidos em Propriá


A Operação Gota D'Água desenvolvida pela MPE, Polícia Civil e Vigilância Sanitária apreendeu nesta quarta-feira,7, 200 garrafões de água mineral fora da validade em Propriá

Uma operação conjunta do Ministério Público Estadual, da Polícia Civil e da Vigilância Sanitária de Propriá, apreendeu nesta quarta-feira, 7, 200 garrafões de água mineral, cujos vasilhames estavam vencidos e sendo comercializados no município.
Denominada Gota D’água, a operação teve por finalidade evitar danos à saúde dos consumidores. Desde 2009, a validade dos garrafões deve ser de três anos e segundo o promotor Peterson Almeida, os vasilhames apreendidos possuíam sete anos de uso.
“Foi observada ainda na operação que os garrafões estão sendo envasados durante a madrugada, de forma indevida, sem serem previamente lavados”, ressalta acrescentando que estão sendo investigadas duas fontes: uma em Itaporanga D’Ajuda e outra em São Cristóvão.
Se as irregularidades forem confirmadas, as empresas investigadas podem responder pelos crimes de sonegação fiscal, contra a saúde pública e relações de consumo. Os comerciantes locais costumam pagar R$ 1, 60 pelo envasamento e vender o garrafão de água mineral pelo preço médio de R$ 5.
Por Aldaci de Souza

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

ORIGEM DE PROPRIÁ - SE

Caminhão furtado em Porto Real do Colégio é recuperado em Propriá/SE