João Alves diz que não entrou com ação contra Déda

Ele responde as acusações do governador Marcelo Déda dizendo que fez petição para que o processo desse continuidade

O ex-governador João Alves Filho (DEM) negou que tenha entrado com uma representação contra o governador Marcelo Déda (PT), que tramita no Tribunal Superior Eleitoral (STE), pedindo a cassação do seu diploma. Durante programa na rádio Jornal na manhã desta terça-feira, 25, João Alves também voltou a afirmar que se Déda perdesse seu mandato hoje ele não assumiria o governo, pois quer vencê-lo nas urnas.

Quanto às denúncias do governador Marcelo Déda de que João Alves Filho teria pedido para fazer parte da ação contra ele, João disse que Déda tentou atropelar a Justiça, conseguindo que o presidente do PTB, Gilton Garcia, pedisse a extinção do recurso alegando que não tinha interesse em seu prosseguimento. “O DEM nacional me atentou sobre a possibilidade da extinção do processo e entramos com a ação sem dizer se ele é inocente ou não, mas pedindo que a ação continue”, ressalta.

João Alves fez questão de dizer que se os Democratas quisessem eles teriam entrado com uma ação contra Déda. “Quem entende de política sabe que o partido DEM é maior que o PAN, que entrou com a ação pedindo a cassação do diploma do governador Marcelo Déda, e que teria mais força na ação. Mas nós não temos costumes de entrar com este tipo de ação”.

Mamada

O governador João Alves disse que foi infeliz ao dizer “meus amigos prefeitos mamem nas tetas do governo, que depois estarei de braços abertos”. E explicou que estava no meio de um evento político e discursando inflamado. “Usei expressões populares que todo sergipano conhece para dizer aos prefeitos que não podem se pronunciar e pretendem juntar-se ao DEM neste momento, por que sabem que o governador é perseguidor. Peço aos meus amigos prefeitos que não entendam o que disse de forma negativa, pois não foi neste tom que disse”, relata no programa de rádio.

Fonte: Infonet

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

ORIGEM DE PROPRIÁ - SE

Caminhão furtado em Porto Real do Colégio é recuperado em Propriá/SE