PRESIDENTE DO TSE QUER VOTO BIOMÉTRICO PARA QUATRO MILHÕES EM 2010

Projeto vai consumir investimentos de R$ 250 milhões neste ano. Carlos Ayres Britto levou ideia a Lula nesta quinta-feira.

O presidente do Tribunal Superior Eleitoral , ministro Carlos Ayres Britto, se reuniu nesta quinta-feira (19) com o presidente Luiz Inácio Lula da Silva e disse que a Justiça Eleitoral trabalha num projeto para que em 2010 pelo menos 4 milhões de brasileiros votem pelo sistema biométrico, que reconhece o eleitor pela impressão digital.

Segundo Britto, apenas neste ano serão investidos R$ 250 milhões para compra de100 mil urnas e de sistemas capazes de tornar o voto um processo completamente digital. Nas últimas eleições, 43 mil eleitores já puderam experimentar a novidade em três municípios dos estados de Santa Catarina, Mato Grosso do Sul e Rondônia.

Os municípios que têm mais problemas nos processos eleitorais serão escolhidos pelo TSE para receber a nova tecnologia. “Quem sabe até 2014 conseguimos fazer com que a totalidade dos eleitores já possam estar usando o sistema biométrico”, disse Britto.

Ele e o presidente também falaram sobre a possibilidade dos brasileiros terem nos próximos anos um documento único, que agregue as dados da carteira de identidade, do CPF, da carteira de motorista, do registro civil, do título de eleitor, em um chip.

Com esse novo documento único, o eleitor poderia inclusive votar quando não estiver em seu domicílio eleitoral. Esse documento está sendo desenvolvimento pela Polícia Federal e outros órgãos do governo e ainda não tem um cronograma de implantação. “Esperamos que seja o mais breve possível”, disse Britto.

Fonte: FAXAJU

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Aluna de 13 anos é filmada fazendo sexo em escola de São Paulo

Veja a relação de aprovados no Exame da Ordem em Sergipe