DÉDA DIZ QUE PT PRECISA TER PACIÊNCIA EM OUVIR ALIADOS E RECUPERAR A CONFIANÇA


O governador Marcelo Déda (PT), em entrevista concedida ao jornal o Estado de São Paulo, disse que seu partido “precisa ouvir aliados e recuperar a confiança”. Ainda na entrevista, Déda diz que “a grande tarefa do PT para a eleição presidencial não é negociar com a base aliada o que o partido pensa e deseja, mas o que os outros querem”.

O enquadramento do PT será o maior desafio de Dilma Rousseff na tentativa de conquistar mais um mandato na eleição de 2014, na opinião de auxiliares palacianos e de políticos petistas ligados à presidente da República.
Na entrevista, Déda diz que “a grande tarefa do PT para a eleição presidencial não é negociar com a base aliada o que o partido pensa e deseja, mas o que os outros querem para manter essa mesma base coesa e forte”, afirma o governador Marcelo Déda, conselheiro próximo da presidente.

O PT precisa ter paciência para ouvir os aliados, suas angústias, suas críticas. E tem de dizer a eles a importância que têm para o projeto de governo, muito acima das fronteiras do próprio PT. Esse é o grande desafio da presidente da República e do nosso partido, diz o governador.

Ao final da entrevista o governador disse que “se recuperarmos a relação de confiança, já estaremos no caminho certo”, completa Déda, segundo quem a maneira de agir do PT ajudará Dilma a equalizar as forças no Congresso, uma das tarefas principais da presidente para os dois anos que restam de seu mandato. A tarefa de convencer os petistas a cederem espaço, porém, não será fácil, adverte o governador.

A entrevista foi concedida ao jornal O estado de São Paulo

Veja mais em: www.estadao.com.br

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Veja a relação de aprovados no Exame da Ordem em Sergipe

Caminhão furtado em Porto Real do Colégio é recuperado em Propriá/SE

ORIGEM DE PROPRIÁ - SE