Canibal chinês condenado por 11 mortes é executado


Assassino em série foi acusado de vender carne humana na China. Ele foi condenado à morte em julho de 2012.

Da France Presse
Um assassino em série chinês que teria cortado as suas vítimas em pedaços e vendido a carne em um mercado foi executado nesta quinta-feira (10), informou a imprensa estatal, depois que um tribunal o considerou culpado de assassinar 11 pessoas.
Notícias provenientes de China e de Hong Kong informavam que Zhang Yongming, de 57 anos, vendeu os restos mortais para consumidores desavisados perto de sua cidade natal, no sudoeste da China, onde ele era conhecido como o "Monstro Canibal".
O chinês Zhang Yongming durante audiência em julho de 2012 na qual foi condenado à morte por ter matado 11 homens em quatro anos. (Foto: Reprodução)O chinês Zhang Yongming durante audiência em julho de 2012 na qual foi condenado à morte por ter matado 11 homens em quatro anos. (Foto: Reprodução)
Zhang foi escoltado para um local de execução e executado nesta quinta, informou a agência de notícias estatal Xinhua.
O assassino em série, que foi preso anteriormente por assassinato e libertado em 1997, "cortou suas vítimas em pedaços para encobrir seus rastros" e foi condenado à morte por um tribunal da cidade de Kunming em julho, informou um relatório anterior da Xinhua.
Um jornal local citou moradores da cidade de Zhang, que afirmaram ter visto sacos verdes pendurados em sua casa, com o que pareciam ser ossos dentro.O canibalismo é um assunto particularmente sensível na China. Ele foi praticado como uma tática de sobrevivência durante períodos de fome em massa, incluindo na época do Grande Salto Adiante, uma guinada frustrada à industrialização lançada no fim dos anos 1950.
O jornal de Hong Kong The Standard afirmou que a polícia descobriu globos oculares humanos preservados dentro de garrafas de vinho e pedaços do que parecia ser carne humana pendurados para secar quando entraram na casa de Zhang.
A polícia teme que Zhang tenha alimentado seus três cachorros com carne humana e vendido outros pedaços no mercado, dizendo se tratar de carne de avestruz, segundo o jornal
.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Aluna de 13 anos é filmada fazendo sexo em escola de São Paulo

Veja a relação de aprovados no Exame da Ordem em Sergipe