Professores da rede estadual de SE suspendem trabalho por dois dias


Categoria pede o pagamento do reajuste de 22,22% para todos os níveis. Esta é a terceira paralisação somente neste semestre.


Marina Fontenele

Do G1 SE 

"Os professores sabem que há verba para pagar o piso para todos", afirma Roberto (Foto: Marina Fontenele/G1 SE)"Os professores sabem que há verba para pagar o
piso para todos", afirma Roberto Andrade
(Foto: Marina Fontenele/G1 SE)
Os professores da rede estadual de ensino de Sergipe paralisaram as atividades por dois dias a partir desta terça-feira (11). A ação faz parte do calendário de mobilizações para o pagamento do reajuste de 22,22% para todos os níveis da carreira.
“Ficamos em greve durante 58 dias nos meses de abril e maio e esta já é a terceira paralisação deste segundo semestre. Tudo isso com o objetivo de conseguir receber o reajuste de 22,22% conforme o Ministério da Educação determinou para o piso salarial no início deste ano”, afirma Roberto Andrade, direto de base do Sindicato dos Professores da Rede Pública de Ensino de Sergipe (Sintese).
Dezenas de professores vão pernoitar em frente ao Palácio dos Despachos, onde fica o gabinete do governador Marcelo Déda. No fim da manhã desta terça, a diretoria do Sintese recebeu a informação que a equipe econômica do Governo irá receber os membros da comissão de negociação da categoria às 16hNo total, 190 mil alunos deverão ser prejudicados com a paralisação de cerca de 12 mil educadores. “Em setembro nós propomos ao governo que ele pagasse o piso linear a partir de outubro e que o 13º salário já fosse com o novo valor. Já retroativo deveria ser repassado em parcelas. Se isso não acontecer há indicativo forte para greve que atrase o início do ano letivo de 2013”, explica Roberto
.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Aluna de 13 anos é filmada fazendo sexo em escola de São Paulo

Veja a relação de aprovados no Exame da Ordem em Sergipe

Caminhão furtado em Porto Real do Colégio é recuperado em Propriá/SE