Negociações com rebelados de presídio de Sergipe foram suspensas


Luzes do local foram apagadas por medida de segurança. Presos mantêm dois agentes e parentes como reféns.

Do G1 SE

No início da noite deste domingo (16), o secretário de justiça de Sergipe, Benedito Figueiredo anunciou a suspensão das negociações com os presos do Presídio Regional Senador Leite Neto na cidade de Nossa Senhora da Glória (SE), distante 126 km de Aracaju.

Os rebelados destruiram parcialmente algumas dependências da unidade, conseguiram a chave do local onde são guardadas as armas, queimaram colchões trocaram tiros com agentes e fizeram familiares reféns.

Segundo o secretário, cerca de 100 presos, dos mais de 400 que estão no local, tentaram fugir no final da mannhã e graças ao trabalho dos agentes foram impedidos, mas acabaram por fazer reféns parte da equipe dos agentes e famíliares que estavam no local para visita. No confronto eles balearam dois agentes e um policial militar. Todos foram libertados e encaminhados ao hospital.

Durante a tarde algumas mulheres e criança também foram libertadas. As negociações entre a polícia e o presos será retomada nas primeiras horas da manhã desta segunda-feira (17).
Não foi informado precisamente o número de reféns que estão dentro do presídio, que no momento está sem luz por segurança, já que durante o incêndio dos colções a fiação do local foi comprometida.
Foi confirmado que os presos estão armados e que possuem celulares, inclusive que se comunicaram com parentes e confirmaram que a situação interna é tranquila. Tanto os agentes quanto os parentes estariam bem.

A unidade prisional vai permanecer cercada pela polícia. Policiais do Batalhão de Choque já ocuparam a parte administrativa do presídio.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

ORIGEM DE PROPRIÁ - SE

Caminhão furtado em Porto Real do Colégio é recuperado em Propriá/SE