Durante bebedeira, homem é executado com golpes de faca em Porto Real

Uma mulher identificada como Luzenita da Silva, 32 anos, foi presa em flagrante acusada de ser a responsável por um bárbaro homicídio registrado na tarde desta quarta-feira, 19, na Rua São Vicente, em Porto Real do Colégio, município localizado a 173 km da capital Maceió. José Ednaldo Ramos dos Santos, conhecido como “gordo”, 34 anos, foi executado com golpes de arma branca.

De acordo com as informações policiais, a vítima bebia junto com a principal suspeita na ocasião em que o crime foi registrado, podendo o mesmo ter sido praticado por algum motivo banal. José Ednaldo foi alvejado com diversos golpes de faca e faleceu minutos depois de ser socorrido.

Populares que presenciaram o homicídio impediram que a suspeita tentasse fugir e a prenderam na mala de um carro até a chegada da polícia. Mesmo sendo encontrada no local do crime, com a arma utilizada para matar a vítima e com a roupa suja de sangue, Luzenita da Silva negou ser a responsável pelo assassinato.
Principal suspeita pelo crime foi presa minutos após a ocorrência

Já na delegacia, a mulher declarou que matou José Ednaldo porque ele a tinha agredido durante a bebedeira. Ainda segundo as informações policiais, tanto a vítima quanto a autora do crime usavam drogas constantemente. Ambos também já tinham passagens pela polícia.

Peritos do Instituto de Criminalística foram acionados e estiveram no local para realizar os primeiros levantamentos no corpo da vítima que após ser periciado foi conduzido por uma equipe do Instituto Médico Legal para a sede do órgão, em Arapiraca, local em que foi submetido à necropsia e liberado para sepultamento.


 
 
 
 
 
 
 
 
 
por Redação

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

ORIGEM DE PROPRIÁ - SE

Caminhão furtado em Porto Real do Colégio é recuperado em Propriá/SE