Prazo para justificar ausência nas eleições vai até o dia 06 de dezembro

Quem deixou de exercer a obrigatoriedade do voto no último pleito tem até o dia 06 de dezembro para apresentar justificativa em qualquer cartório eleitoral do País. O eleitor que não justificar, pode sofrer sanções penais e administrativas. Em Propriá, 1.298  eleitores deixaram de comparecer as urnas. No Brasil, o voto é obrigatório para o eleitor com idade entre 18 a 70 anos

Quem deixar de justificar a sua ausência ficará sujeito ao pagamento de multa, que varia R$1,06 a R$3,51, e não poderá:

- Inscrever-se em concurso ou prova para cargo ou função pública;
-  Receber vencimentos, remuneração, salário ou proventos de função ou emprego público, autárquico ou paraestatal, bem como, de fundações governamentais, empresas, institutos e sociedades de qualquer natureza, mantidas ou subvencionadas pelo governo;
- Obter passaporte ou carteira de identidade;
- Renovar matrícula em estabelecimentos de ensino oficial;
- Obter empréstimos em estabelecimentos de crédito mantidos pelo governo;
- Participar de concorrência pública;
- Praticar qualquer ato para o qual se exija quitação do serviço militar ou do imposto de renda; - Obter certidão de quitação eleitoral;
- Obter qualquer documento perante repartições diplomáticas a que estiver subordinado.

Números de Propriá segundo o Tribunal Superior Eleitoral (TSE)

Eleitorado 18.259
Comparecimento 16.961 (92,89%)
Seções 64
Abstenções 1.298 (7,11%)
Votos nulos 324 (1,91%)
Votos brancos 360 (2,12%)
Votos válidos 316.277 (95,97%)
Votos Legenda  855 (5,25%)

Clique aqui e baixe o formulário de justificativa de ausência

Fonte: Djalma Castro

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

ORIGEM DE PROPRIÁ - SE

Caminhão furtado em Porto Real do Colégio é recuperado em Propriá/SE