Gerente é feito refém e libertado com explosivos no corpo, diz polícia na BA

Vítima foi sequestrada e levada para retirar dinheiro de banco em Caetité. Polícia acionou equipes especializadas para desarmar explosivos.
Lílian Marques Do G1 BA
 
O gerente do Banco do Brasil de Caetité, no sudoeste da Bahia, foi sequestrado por homens armados na noite de segunda-feira (26), de acordo com a polícia local, e levado por criminosos à agência em que trabalha para retirar uma quantia em dinheiro na manhã desta terça-feira (27).
Segundo Fabiano Aurich, coordenador da Polícia Civil na cidade vizinha de Guanambi, a vítima foi localizada  pela polícia nesta manhã com explosivos amarrados ao corpo na BR-262, trecho da cidade de Igaporã.
"Ele está sem ferimentos, mas com explosivos pelo corpo. Estamos monitorando a situação. Equipes especializadas em desarmamento de explosivos estão vindo de Salvador para retirar o material do corpo dele", informou Aurich ao G1.

De acordo com a Polícia Militar em Caetité, a vítima está com duas bananas de dinamite amarradas pelo corpo e conectadas, através de um fio, a um aparelho de celular. A PM informou que as equipes especializadas em desarmamento de explosivos orientaram a polícia local a colocar o rapaz em um lugar onde não há sinal de celular até que os especialistas cheguem.

A polícia ainda não tem detalhes do crime e nem informações sobre a quantia levada pelos criminosos.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

ORIGEM DE PROPRIÁ - SE

Caminhão furtado em Porto Real do Colégio é recuperado em Propriá/SE