TRE do RN decide que todos os candidatos com registros negados terão que suspender a campanha eleitoral

O Tribunal Regional Eleitoral do Rio Grande do Norte decidiu que todos os candidatos com registros negados em primeira ou segunda instância terão que suspender a campanha eleitoral, inclusive os programas eleitorais, comícios e terão, ainda, seus nomes excluídos do sistema de urna eletrônica.
O entendimento da Corte ocorreu no momento em que o Tribunal julgou o recurso interposto pelo pré-candidato a prefeito de Tangará Giovannu César, conhecido como Gija, que recorria contra decisão da Justiça Eleitoral em primeira instância.
No entanto, o TRE não só negou o recurso de Gija como já trouxe o entendimento: por maioria de votos,os candidatos com registros negados deverão ser excluídos, a fim de que estes não continuem sua campanha nem deem aos eleitores a impressão de que continuam na disputa.
Para garantir maior eficácia à decisão, a Corte Eleitoral estabeleceu, ainda, que os próximos casos que digam respeito a esta mesma matéria não precisam mais ser julgados pelo pleno, podendo ser apreciados isoladamente pelo relator, sendo aplicado o entendimento fixado nesta sessão.

Fonte: Tribuna do Norte

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Veja a relação de aprovados no Exame da Ordem em Sergipe

Caminhão furtado em Porto Real do Colégio é recuperado em Propriá/SE

ORIGEM DE PROPRIÁ - SE