Familiares de Bruna Vitória pedem justiça


Criança desapareceu no dia 5 e foi encontrada morta
Bruna Vitória de 2 anos (Foto: Reprodução Portal Infonet/Celular da família)
Familiares da pequena Bruna Vitória da Silva, de dois anos, encontrada morta no último sábado, 8, dentro da lagoa de zeca no município de Propriá, pedem justiça.
No Instituto Médico Legal (IML), o avô da garota, identificado como Eribaldo Ferreira informou aoPortal Infonet que desde o momento do desaparecimento da criança, os familiares ficaram aflitos a procura da garota.

“Com certeza alguém matou minha neta, pois não tinha como ela ir até lá sozinha. No dia 5 de setembro nós saímos com ela e paramos para conversar com uma vizinha, mas em questão de uns dez minutos, quando viramos não a encontramos mais. Com certeza quem pegou a escondeu rápido porque o local onde moramos é bastante escuro. A gente pede ajuda da polícia para saber quem fez isso com minha neta”, lamenta Eribaldo ao acrescenar que a família reside no Bairro Matadouro em Propriá.
Muito abalada, a mãe da criança Maria Laudiceia da Silva, 18 anos, não quis dar muitos detalhes, mas informou apenas que tomou conhecimento da morte da filha através de uma conhecida. “Um vaqueiro que passou pelo local viu a criança e chamou uma vizinha que foi me procurar. Foi prestado uma queixa na delegacia e no conselho tutelar”, afirma Laudiceia.
Delegacia
A equipe do Portal Infonet entrou em contato com a delegacia do município e a informação passada por um plantonista foi que neste momento, o delegado está ouvindo uma pessoa que está sendo apontada como suspeita de ter causado a morte da criança.
Por Aisla Vasconcelos

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Aluna de 13 anos é filmada fazendo sexo em escola de São Paulo

Veja a relação de aprovados no Exame da Ordem em Sergipe

Sérgio Menezes Lucas faz aniversário