Justiça afasta prefeito suspeito de desviar mais de R$ 400 mil, em Goiás


Advogado do prefeito de Jussara informou que vai recorrer da decisão. 
Acusação contra Paulo Lucésio Carvalhaes partiu do Ministério Público.

Do G1 GO, com informações da TV Anhanguera


A Justiça afastou o prefeito de Jussara, município da região oeste de Goiás. Paulo Lucésio Carvalhae - PR  é acusado pelo Ministério Público (MP) de improbidade administrativa e desvio de dinheiro.Em maio deste ano, promotores e policiais apreenderam dezenas de documentos. A maioria, notas fiscais que teriam sido usadas para justificar gastos da prefeitura. Segundo o MP, os desvios somam mais de R$ 400 mil.
O juiz Nickerson Pires Ferreira também determinou o bloqueio de bens de Paulo Lucésio. A medida, segundo o juiz, é para assegurar a devolução de verbas públicas desviadas ao município.
O advogado do prefeito, Roberto Vilela, disse que vai recorrer da decisão junto ao Tribunal de Justiça na próxima segunda-feira (30). Ele disse ainda, que o processo não contém provas convincentes contra o prefeito de Jussara.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Aluna de 13 anos é filmada fazendo sexo em escola de São Paulo

Veja a relação de aprovados no Exame da Ordem em Sergipe