Belivaldo no TC: Não deu certo plano do governo. Angélica abre prazo até 14/9 para inscrição de chapas


Como NE NOTÍCIAS informou com exclusividade, tudo estava armado no governo para facilitar a indicação, pela Assembleia Legislativa, do secretário de Educação, Belivaldo Chagas, para o Tribunal de Contas do Estado.

O PLANO

Com a viagem do governador Marcelo Déda (PT) para a Índia, acompanhando a comitiva da presidente Dilma Rousseff, assumiu o vice, Jackson Barreto (PMDB). Ainda esta semana, o governo faria uma nova avaliação para ter certeza do apoio de 13 deputados estaduais, que aprovariam a indicação de Belivaldo.

Confirmado o apoio de 13 parlamentares, Jackson viajaria, o que forçaria a presidente da Assembleia, Angélica Guimaráes (PSC), a assumir temporariamente a chefia do Executivo.

Com a saída de Angélica, assumiria o comando da Assembleia seu vice-presidente, Garibalde Mendonça (PMDB).

No comando do Legislativo, Garibalde abriria o processo de escolha do novo conselheiro do Tribunal de Contas.

Na manhã desta segunda-feira NE NOTÍCIAS detalhou, com exclusividade, a estratégia do governo e relembrou Garrincha, que perguntou ao ouvir a preleção do treinador: "Já combinou com os Joãos?"

ASSEMBLEIA

O ofício encaminhado pelo presidente do Tribunal de Contas do Estado (TCE), Carlos Alberto Sobral, anunciando a vacância do cargo de conselheiro do TCE após a aposentadoria de Isabel Nabuco D’Avila foi lido na tarde dessa segunda-feira, na sessão da Assembleia Legislativa. 

Feito isso, a presidente da Casa, deputada Angélica Guimarães (PSC), estabeleceu um prazo até 14 de setembro próximo para que os postulantes ao cargo façam suas devidas inscrições e, em seguida, ser iniciado o processo de escolha do novo conselheiro do Tribunal. 

Dentro dos termos do regimento interno da Assembleia Legislativa, as inscrições podem ser feitas e os postulantes precisam reunir um número mínimo de seis assinaturas (seis deputados) para entrarem na disputa. 

Os sete Conselheiros do Tribunal de Contas do Estado são escolhidos, três por indicação do Chefe do Poder Executivo e quatro por indicação da Assembleia Legislativa. Desta vez, caberá aos deputados estaduais definir quem será o próximo conselheiro do Tribunal de Contas. 

Fonte: NeNoticias

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Veja a relação de aprovados no Exame da Ordem em Sergipe

Caminhão furtado em Porto Real do Colégio é recuperado em Propriá/SE

ORIGEM DE PROPRIÁ - SE