Laboratório digital amplia oferta de exames no Hospital de Propriá


Agilidade e segurança. Esses são os principais aspectos levados em consideração quando avaliado o bom funcionamento de um serviço laboratorial. No Hospital Regional São Vicente de Paula, localizado no município de Propriá, na região do Baixo São Francisco, o Governo de Sergipe implantou o primeiro laboratório 100% digital da rede. Em pouco mais de três meses de funcionamento, o serviço, que funciona 24h, possibilitou ao hospital ampliar exponencialmente o número de exames ofertados, saindo de 80, em junho, para 1.300 no mês de setembro.
Além do aumento exorbitante na oferta de procedimentos, a implantação do laboratório dentro da própria unidade hospitalar também tem conseguido agilizar o tempo de resposta de cada exame. “Antes, esperávamos até oito horas pelo resultado de um hemograma. Hoje, este mesmo exame é realizado em até dois minutos”, comparou o superintendente do Hospital, Adelmo Alves de Macedo Júnior.
Até pouco tempo, os serviços laboratoriais demandados pelo Hospital de Propriá, assim como ainda ocorre com algumas unidades da rede, eram ofertados por um laboratório contratado pelo Governo do Estado na região. Com a construção dos novos hospitais e as reformas de ampliação e adequação dos antigos, a exemplo do que ocorreu com o Hospital de Propriá, a Secretaria de Estado da Saúde (SES) passou a destinar, no projeto arquitetônico de cada unidade, espaços reservados para implantação do serviço laboratorial.
“Antes, era necessário coletarmos o sangue e encaminhá-lo para um laboratório contratado pelo Estado para que o resultado fosse processado. Este deslocamento acabava gerando demora”, explicou Adelmo Alves, lembrando que na maioria dos procedimentos, a agilidade do diagnóstico permite uma recuperação mais rápida do paciente.
Modernização
Segundo Emanuel Messias, diretor geral da Fundação Hospitalar de Saúde (FHS) – órgão responsável por gerenciar a unidade –, a modernização da rede se constitui numa das metas da entidade para melhorar as condições de trabalho e de assistência nos hospitais do Estado. Os investimentos para ampliar a estrutura física e modernizar o parque tecnológico do Hospital Regional São Vicente de Paula fazem da unidade, hoje, uma referência para 16 municípios sergipanos, além de mais quatro alagoanos que fazem fronteira com o Estado.
“A implantação de laboratórios digitais nos hospitais da rede pública já é uma realidade em Sergipe. Hoje, além do Hospital Regional de Propriá, o Hospital Regional de Lagarto também já conta com o serviço, que deveremos estender a todos os hospitais da rede”, garantiu Emanuel Messias.
Em Propriá, o serviço está equipado com o que há de mais moderno em tecnologia de laboratórios clínicos. Uma equipe composta por cinco biomédicos e dois técnicos em laboratório garante a assistência em tempo integral. “O que temos aqui em termos de tecnologia não deixa a desejar em nada quando comparado a qualquer laboratório da rede privada”, confirmou a biomédica Cátia Regina, destacando a segurança e a agilidade como diferenciais do serviço. 
por Agência Sergipe

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Aluna de 13 anos é filmada fazendo sexo em escola de São Paulo

Veja a relação de aprovados no Exame da Ordem em Sergipe