Postagens

Mostrando postagens de Setembro, 2009

Senado aprova projeto que cria identidade unificada

BRASÍLIA - Foi aprovado nesta quarta-feira no Senado um projeto de lei que cria no País o Registro da Identidade Civil, uma carteira de identidade unificada. A proposta segue agora para sanção do presidente Luiz Inácio Lula da Silva. O projeto de lei nº 46 de 2003 reúne, sob um só número, os documentos de Registro Geral (RG), Cadastro de Pessoa Física (CPF), carteira de trabalho, carteira de motorista e passaporte. Após a lei entrar em vigor, quem for tirar algum dos documentos receberá a carteira unificada. Não será preciso trocar os documentos antigos por um novo. O autor do projeto é o deputado federal Celso Russomano (PP-SP).

A proposta determina ainda que a carteira unificada informe o tipo sanguíneo do portador para facilitar o atendimento em caso de emergência. O documento de pessoas com deficiência terá um selo para facilitar o acesso desse público, por exemplo, ao transporte público gratuito. Para o relator do projeto na Comissão de Constituição, Justiça e Cidadania (CCJ), sen…

INDICAÇÃO DE LULA

MÉTODO CNT/SENSUS AJUDA DILMA A NÃO DESPENCAR AINDA MAIS

Imagem
Obviamente, não vou pelo caminho do "datafraude" daquele sujeito do megafone. Claro que não. O artifício usado pela pesquisa encomendada pela CNT (Confederação Nacional dos Transportes) foi simplório até demais: um levantamento das intenções de voto para presidente da república... SEM CIRO GOMES E DILMA NO MESMO CENÁRIO!Simples assim.E, ainda com tal subterfúgio, Dilma Rousseff... CAIU! É isso mesmo. Caiu! Porque não deu para mandrakear com Marina Silva, e isso bastou para que a candidata do PT descesse um pouco a ladeira. Vejam os dados das duas pesquisas CNT/Sensus:Serra oscila de 40,4% para 39,5% (menos de 1 ponto); Dilma cai de 23,5% para 19% (4,5 pontos); Marina surge com 4,8% (adivinha de quem pegou?); e... NÃO APARECE CIRO GOMES!Até o aclamado mundo mineral de Mino Carta sabe que a CNT não é exatamente antipática ao Planalto. A ausência de Ciro no mesmo cenário de Dilma, depois dele próprio já confirmar com todas as letras que é, sim, candidato, serve única e exclusiv…

Dilma se confunde e chama Roraima de Rondônia

BOA VISTA - Em discurso para uma plateia de cerca de 15 mil pessoas na capital de Roraima, a chefe da Casa Civil, Dilma Rousseff, se confundiu e chamou o estado de Rondônia. Algumas pessoas ensaiaram uma vaia, mas a pré-candidata do PT à Presidência se corrigiu imediatamente e conseguiu abafar os protestos. A gafe foi cometida num ato de entrega de títulos agrários, ao lado do presidente Luiz Inácio Lula da Silva. - Este país está mudando, mas Rondônia está mudando mais rápido. Desculpem-me, é Roraima, mas Rondônia também está mudando. Rondônia, Roraima, Acre, Amazonas e Pará - disse a ministra, corrigindo a gafe imediatamente. Na cerimônia, Lula e Dilma anunciaram um pacote de investimentos que passa dos R$ 600 milhões, quantia considerada sem precedentes no estado. Só em recursos do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC), serão destinados R$ 509 milhões para obras de saneamento. Em convênios com prefeituras e com o estado, serão liberados R$ 105 milhões para obras de moradia, d…

Caramujos africanos invadem Sergipe

Imagem
Texto: Viviane Paixão / Foto: Tarcísio Dantas

Em Propriá. distante 98 quilômetros da capital, o caramujo gigante africano está tomando conta da cidade. Ele pode ser visto em postes, árvores, muros, cercas, no solo, enfim, em qualquer

lugar. As escolas estão infestadas pelo bicho, colocando em riscoa saúde dos estudantes. No colégio Pré Escolar Dra. Maria do Carmo Alves, o molusco invadiu até as salas de aula e as atividades tiveram que ser suspensas.

“Suspendemos por alguns dias justamente para evitar que as crianças peguem nesses caramujos e fiquem doentes. Antes disso, fizemos uma reunião com os pais e comunicamos que estávamos fazendo isso para tentar combater a proliferação dos moluscos na escola e eles concordaram. Já informamos a Secretaria de Saúde e uma equipe veio aqui, colocou remédio e fez uma limpeza geral”, explica Eliana da Cruz Melo, diretora do colégio Pré Escolar Dra. Maria do Carmo Alves.

A problemática tem sido tema de aula para os professores. A docente Maria José dos …

DÉDA E WAGNER PODEM TER DIFICULDADES

BRASÍLIA - Preocupado em consolidar o nome da ministra Dilma Rousseff para a própria sucessão e, diante do preço imposto pelo PMDB para apoiá-la numa aliança formal, o presidente Luiz Inácio Lula da Silva relegou a segundo plano as disputas do PT nos estados. O partido, que elegeu em 2006 cinco governadores, tem até agora quatro candidatos considerados competitivos: Tião Viana, no Acre; Tarso Genro, no Rio Grande do Sul; Marcelo Déda, em Sergipe; e Jaques Wagner, na Bahia. Segundo reportagem de Adriana Vasconcellos e Isabel Braga na edição deste domingo (13) do jornal O GLOBO, só Tião Viana é considerado favorito. Se as previsões se confirmarem, o senador terá chances de dar continuidade aos 12 anos de gestão petista no Acre, iniciada com seu irmão, o ex-governador Jorge Viana, que disputará vaga para o Senado. A reportagem diz ainda que Déda e Wagner poderão ter dificuldades para se reeleger. Déda está empatado tecnicamente com o ex-governador João Alves, do DEM. Wagner corre risco s…

João Alves profere palestra sobre a água na Assembléia

Imagem
A palestra do ex-governador de Sergipe destacou a crise mundial da água, a transposição e revitalização do rio São FranciscoA Assembléia Legislativa recebeu na manhã desta quinta-feira, 10, o engenheiro, escritor e ex-governador João Alves Filho, que atendeu ao convite do deputado estadual Augusto Bezerra (DEM). Com o tema “Conseqüências do aquecimento global e a crise da água no Planeta”, João Alves falou sobre a crise mundial da água, transposição e revitalização do rio São Francisco.
João Alves lembrou que o aquecimento global é um problema atual promovido pelo efeito estufa, provocado pela emissão de gás carbônico das indústrias, além do crescimento de usinas termelétricas e de carvão e aumento no número de veículos nas últimas décadas. “Estamos enfrentando um problema global gravíssimo, que angustia a humanidade e que resulta em desastres ambientais como tsunamis, furacões, descongelamento do Pólo Norte e enchentes”, disse o ex-governador, lembrando que as mudanças climáticas …

Câmara aprova PEC que cria mais de 7 mil vagas de vereadores no país

Proposta de emenda só entra em vigor nas eleições de 2012.
Medida também reduz o orçamento nas câmaras municipais.

Com as galerias do plenário lotadas de suplentes de vereadores, a Câmara dos Deputados aprovou na sessão desta quarta-feira (9) a Proposta de Emenda à Constituição (PEC) 336/09 que aumenta em mais de 7 mil o número de vagas para vereadores em todo o país. Votaram a favor da proposta 370 deputados e, contra, 32 parlamentares. A PEC foi aprovada em primeiro turno e ainda deve passar por uma segunda votação no plenário da Câmara, para só depois ser promulgada pelo Congresso.

A aprovação da matéria, no entanto, não deve ter efeito retroativo às eleições de 2008. A PEC não determina que os suplentes ocupem as novas cadeiras, apenas estipula um novo limite de vagas nas câmaras municipais.

O país tem atualmente 51.748 vagas de vereadores. Pelo critério da proposta, que distribui a…

Governo espera que Carlos Britto vote contra extradição de Battisti

Folha de São Paulo – coluna Painel

Meio... Os quatro votos que o governo acredita ter no Supremo Tribunal Federal contra a extradição do italiano Cesare Battisti são dos ministros Marco Aurélio Mello, Joaquim Barbosa, Cármen Lúcia e Carlos Ayres Britto.
...a meio. O governo espera que Gilmar Mendes, Ellen Gracie e Eros Grau acompanhem o relator, Cezar Peluso, cujo voto deve resultar pró-extradição. Ricardo Lewandowski é a principal incógnita no caso. Celso de Mello não estará presente no julgamento desta quarta-feira.
Cabalístico. No Supremo, alguém foi olhar o calendário e notou que o julgamento de Battisti acontecerá no dia 09/09/2009. Às 9h. Com nove ministros no plenário.

NOTA DE SOLIDARIEDADE AO EX-GOVERNADOR JOÃO ALVES FILHO

Em virtude dos recentes ataques proferidos por adversários do ex-governador João Alves Filho (DEM), em especial a Nota de Repúdio assinada por representantes da juventude de partidos da base do governador Marcelo Deda (PT), quando classificam o nosso líder político de “legítimo representante da política oligárquica da mamata” e que “não poderia ter dado pior exemplo para a juventude sergipana”, a Juventude Democrata e Progressista/PP esclarecem para a sociedade sergipana que:  Foi no governo de João Alves Filho que a nossa juventude foi, de fato, valorizada, quando se investiu alto na qualidade de ensino; em quatro anos de gestão, Sergipe chegou ao 1º lugar, segundo avaliação do Saeb (Sistema de Avaliação da Educação Básica);  Foi o governador João Alves Filho que, em seu terceiro mandato, recebeu mais de 20 mil alunos do ensino médio da rede pública de Sergipe, no Palácio de Veraneio, quando ele cumprimentava a todos, de mesa em mesa, proibindo expressamente três assuntos…

Carlos Britto, o ministro poeta

O MINISTRO POETAO ministro Carlos Ayres Britto, do STF (Supremo Tribunal Federal), colocou um ponto final em seu sétimo livro de poesias -ainda sem nome. Britto já publicou, entre outros, "Varal de Borboletras" e "A Pele do Ar", sobre uma bailarina. Integrante da Academia Brasileira de Letras Jurídicas, ele diz que não pleiteia vaga na ABL (Academia Brasileira de Letras) porque isso significaria "fazer campanha para alguém morrer". As cadeiras na academia são vitalícias.Mônica Bergamo - FOLHA DE SÃO PAULO

Mendonça desafia JB para debater política

Imagem
Ao classificar o deputado federal Jackson Barreto (PMDB) de “covarde”, o deputado federal Mendonça Prado (DEM) o desafiou para um debate no momento e no local que o peemedebista desejar. “Quero perguntar se ele lembra quando chamava (o governador) Marcelo Déda de maconheiro, irresponsável e mauricinho, por ter votado a favor da sua cassação como prefeito de Aracaju”, afirmou Mendonça, durante entrevista coletiva à imprensa, convocada pelos democratas para esclarecer as declarações feitas nos últimos dias pelo ex-governador João Alves Filho (DEM), e que tiveram uma repercussão polêmica e negativa.

“Quero perguntar se ele (Jackson) lembra, também, que entre 1988 e 1989, chamava (o senador Antônio Carlos) Valadares, nos quatro cantos de Sergipe, de assassino. Dizia que o senador tinha matado a sua mãe. Agora, esse cidadão quer dar lição de moral? Ora, a sociedade não aceita mais esse tipo de gente e de discurso”, reagiu Mendonça, ao pedir desculpas aos prefeitos sergipanos e à sociedade p…